Publicidade
Entretenimento
INCENTIVO

Alunos do Colégio Martha Falcão lançam livro na Academia Amazonense de Letras

A iniciativa faz parte do projeto de literatura do colégio intitulado Novos Talentos 02/12/2018 às 18:04
Show martha 226b51a0 2b81 433b 9e87 83718509d4b7
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A Academia Amazonense de Letras foi palco, neste sábado (1°), do lançamento do livro "Olhando Para o Futuro", de autoria de 150 alunos do Colégio Martha Falcão. A iniciativa, bastante elogiada pelos membros da academia, faz parte do projeto pioneiro de literatura Novos Talentos que, neste ano, chega à sua 18ª edição. 

"A casa sente-se honrada em receber o lançamento de mais uma edição do Novos Talentos.  Parabenizamos o pioneirismo do Colégio Martha Falcão, que há décadas, busca incentivar a produção literária entre os alunos", destacou o presidente da academia, Robério Braga. 

Para o historiador e membro da academia, Francisco Gomes da Silva, em uma época em que os jogos eletrônicos são a atração entre a criançada, o estímulo à leitura deve começar cada vez mais cedo. "Assim, maior serão as chances de os pequenos tornarem-se adultos leitores e, quem sabe, até escritores”, defende. 

A diretora das Instituições Nelly Falcão de Souza (INFS), professora Nelly Falcão, aponta que a ideia é que os alunos tenham oportunidade de vivenciar um momento prazeroso da escrita, pois essa consiste não só em registrar palavras, mas em organizá-las para que sejam uma forma de os alunos interagirem com outras pessoas ou criarem pontos de comunicação com o mundo. 

Neste ano, os autores mirins tiveram a missão de produzir textos com a sua expectativa sobre o futuro. “Há alunos que falaram o que esperam para o mundo, enquanto outros disseram o que desejam se tornar como ser humano ou profissional quando for mais velho”, disse Nelly Falcão. 

Entre eles, Pedro Vinícius, de 7 anos, que falou que quando crescer espera se tornar uma pessoa de sucesso e um bom pai. "Ele ficou encantado por participar do projeto. Desde o início estava super animado sobre o que ia escrever", comentou a mãe, Ana Paula Lima. 

Quem também estava feliz com o primeiro livro era a argentina Milagros Vittor Lorenzatto, de 8 anos. "Adoro ler principalmente gibis da Mafalda e Turma da Mônica, mas jamais sonhei me tornar escritora", revela a pequena. 

Tenório Telles, Cacilda Beatriz, Abrahim Baze, Gaetano Antonaccio, Júlio Antonio Lopes, Celdo Braga e Cármem Novoa são alguns dos nomes de destaque da literatura amazonense que já escreveram o prefácio do Novos Talentos, este ano assinado pela escritora Flávia Frota. A coordenadora do projeto, a professora Bernadete Bonini, já foi premiada pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM).

Publicidade
Publicidade