Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
WhatsApp_Image_2019-01-18_at_16.45.08_1__5330394D-E11F-4A21-B608-3CD9CEE1B759.jpeg
publicidade
publicidade

SELECIONADA

Alunos do Liceu Claudio Santoro vão encenar espetáculo teatral em São Paulo

Apresentação de 'Estrelas Cor de Sangue' acontece no dia 1º de fevereiro, como parte da programação de mostra do Itaú Cultural


23/01/2019 às 10:30

Integrantes do curso de Laboratório Teatral do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), embarcam neste fim de semana para apresentar o espetáculo “Estrelas Cor de Sangue”, na mostra “A Ponte – Cena do Teatro Universitário”, em São Paulo. A peça foi uma das 14 selecionadas por edital do instituto Itaú Cultural, que teve mais de 200 inscritos. A apresentação do grupo amazonense está marcada para o dia 1° de fevereiro, às 20h, com entrada gratuita.

O diretor do espetáculo, Elizeu Melo, conta que é a primeira vez que a turma do laboratório teatral, que tem sede no Centro Estadual de Convivência Magdalena Arce Daou (avenida Brasil, Santo Antônio, zona oeste de Manaus), atua fora do estado. “Estamos vibrando com isso. É fruto de um trabalho coletivo, de doação de todos nós, tanto alunos quanto setor técnico. E isso representa uma oportunidade ímpar de dar visibilidade e mostrar a força do teatro estudantil promovido no Amazonas”, afirmou.

O secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, destaca que a seleção do espetáculo para a mostra é um reconhecimento à qualidade técnica do trabalho e serve de estímulo e motivação aos alunos para seguirem no caminho da profissionalização artística. “Dá uma grande e merecida visibilidade a essa escola de talentos que é o Liceu Claudio Santoro”, afirmou.

Com texto do aluno Wilas Rodrigues, o espetáculo narra a história de duas crianças – Alice, interpretada por Hellen Canto, e Felipe, vivido por Gabriel Rocardo - que lutam pela sobrevivência em meio a uma guerra, levando o público a vivenciar os dramas do conflito, que se assemelham a situações vividas em vários lugares do planeta, como na Síria e nas favelas brasileiras.

O elenco da peça tem entre 18 e 38 anos de idade. Após dois meses de pesquisa e montagem, o espetáculo estreou em setembro do ano passado e percorreu teatros e espaços culturais da capital amazonense.

Seleção - Para a mostra, o Itaú Cultural selecionou 14 peças encenadas por grupos vinculados a instituições de ensino de nível superior, escolas técnicas de nível médio ou escolas independentes de teatro. O evento vai de 24 de janeiro a 4 de fevereiro e inclui, ainda, encontros entre os participantes, debates e oficinas. Os espetáculos e os debates terão interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Além dos Amazonas, terão representantes na mostra os estados de Mato Grosso, Pernambuco, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Maranhão.

Ficha técnica:

Direção: Elizeu Melo

Dramaturgia e cenografia: Wilas Rodrigues

Sonoplastia: Bianca Gomes

Pesquisa musical: Gabriel Ricardo

Chefe de Produção: Andrey Felipe

Iluminação: Renan Solano

Elenco: Hellen Canto, Gabriel Ricardo, Matheus Nobre, Nath Diniz, Ely Lima, Will Porto, Wesley Gabriel, Ray Richello, Manoel Messias, Kelly Beleza, Cris Jardim e Marcos Santini.

publicidade
publicidade
Igreja Chama Church realiza Espetáculo Páscoa neste domingo (21)
Cacompanhia de Artes comemora 2 anos com programação para esta semana
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.