Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
Música gratuita

Jazz Band e Orquestra de Violões comandam apresentações no Teatro Amazonas

Com repertório popular, que vai de toadas a bossa nova, apresentações gratuitas acontecem entre 1º e 3 de abril



Amazonas_Jazz_Band.jpg Músicos fazem parte dos Corpos Artísticos mantidos pelo governo do Amazonas

O mês de abril vai iniciar com uma programação especial no Teatro Amazonas, com apresentações musicais gratuitas executadas pelas orquestras que fazem parte dos Corpos Artísticos do Amazonas. A valorização dos talentos da região Norte do País será a tônica do espetáculo musical “Regional 2”, executado pela Orquestra de Violões do Amazonas (OVAM) nos dias 1º e 3 de abril, às 20h e 19h, respectivamente, com entrada franca.

A Orquestra de Violões do Amazonas, composta por 19 músicos de alta performance, liderados pelo maestro Davi Nunes, apresentará ao público um repertório diferenciado, com uma hora de chorinho, toadas, tango e baladas, que irão resgatar e promover grandes composições de artistas amazonenses, como Renato Brandão, Torrinho, Adelson santos e Maestro Gerê.



Já no sábado, dia 2, a partir das 20h, a brasilidade, o samba, o jazz e a bossa nova inundam o Teatro Amazonas com um concerto especial executado pela Amazonas Jazz Band, com entrada franca. Sob a regência do maestro Rui Carvalho, a Jazz Band apresentará canções da Música Popular Brasileira como “Pr’a Quê Chorar”, “Paraquedista”, “O Morro Não Tem Vez” com arranjos dos maestros Cipó, Adail Fernandes, Branco e Rui Carvalho. “Cuando Vuelva a Tu Lado”, de Maria de Grever, é também uma das canções apresentadas pelo grupo.

“Vivemos um momento de muita efervescência cultural. Nossos artistas estão cada vez mais envolvidos com o trabalho que executam e isso nos dá ainda mais gabarito e reconhecimento nacional e internacional”, declarou o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.