Terça-feira, 25 de Junho de 2019
Vida

Amazonas vence premiação nacional com criação de aplicativo para celular

Fundado em Manaus, app de busca de eventos conquistou o júri popular e se sagrou na categoria Mobile Cash



1.gif Rodrigo Maués (à esquerda) e Rodrigo Borges (à direita) conceberam o App
06/05/2015 às 20:35

O aplicativo Ingresse, desenvolvido a partir do site homônimo de entretenimento fundado em Manaus, venceu o Prêmio Oi Tela Viva Móvel 2015, na categoria Mobile Cash. A premiação aconteceu na última terça (05) e o troféu simbólico foi recebido pelo desenvolvedor móbile Rodrigo Borges, 25, e o designer de UX Rodrigo Maués, 25, no Sheraton São Paulo WTC Hotel. O App vencedor tem a missão de exibir um guia com eventos culturais de todo o Brasil, bem como a venda de ingressos dos referidos eventos.

Os dois Rodrigos moram atualmente em São Paulo, mas tem uma história com o Amazonas: Borges nasceu em Manaus, e Maués morou por 10 anos na capital amazonense. Os rapazes são membros efetivos do site da Ingresse e conceberam o App, que é uma transposição do site para o meio das tecnologias móveis.

 “Os usuários podem usar esse aplicativo para descobrir eventos, comprar ingressos e ter mais informações sobre o evento que querem ir. No momento que você compra o ingresso do evento pelo aplicativo, o ingresso fica armazenado na plataforma. A pessoa pode chegar no evento e mostrar o QR Code do ingresso. No local, é feita a leitura e validação do ticket”, explica Rodrigo.

Sobre

Esta foi a 14ª edição do Oi Tela Viva Móvel, e anualmente são abertas inscrições para aplicativos que foram lançados nos anos anteriores – o App da Ingresse foi lançado em 2014. “Inscrevemos o  aplicativo no prêmio, junto com o relato das nossas metodologias e resultados práticos e isso passou depois por um júri de jornalistas de tecnologia, que selecionaram quatro aplicativos para cada  categoria. Ao todo foram 176 inscritos de todo o País”, coloca Rodrigo. A partir dos concorrentes, foram escolhidos dois vencedores por categoria: um por júri técnico e outro por júri popular, em que o público teve duas semanas para votar no aplicativo preferido. A partir daí, o Ingresse App foi escolhido.

Segundo Rodrigo, o júri pontuou a inovação e os resultados do App na empresa para escolher os candidatos ao prêmio. Os resultados do Ingresse App são visíveis: ano passado, no mês de novembro, o aplicativo conseguiu filtrar cerca de 400 eventos de todo o Brasil. “Da nossa parte, o prêmio foi uma grande validação do nosso aplicativo perante o comércio. Uma coisa que prezamos é em inovar utilizando tecnologia nos eventos. Ganhar um prêmio desse mostra que a gente está conseguindo ir no caminho certo e atrair a atenção do público”, comenta Borges.

Destaque

Há algumas semanas, a Ingresse desenvolveu versões do app para relógios inteligentes Apple Watch (Apple) e Android Wear (Google). Com esse aplicativo nos relógios, o QR Code do ingresso comprado também pode ser visualizado na tela do item. “Quando os usuários instalam o App nos Androids ou iPhones, o aplicativo é instalado automaticamente no relógio”, diz Borges.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.