Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020
TALENTO DA TERRA

Amazonense Adanilo Reis integra elenco do seriado ‘Segunda Chamada’ em 2020

Série da Rede Globo que explicita a realidade e superação de alunos do ensino médio estadual terá o manauara Adanilo Reis no elenco



Adanilo-Reeis_00135048_0_24D24B64-AA94-4232-8454-C88E1F6AF030.jpg Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
31/12/2019 às 08:11

A série “Segunda Chamada”, da Rede Globo, tem chamado a atenção dos telespectadores por explicitar a realidade de alunos do ensino médio estadual e sua capacidade de superar os problemas com o apoio da educação. Em breve, os amazonenses terão um motivo a mais para acompanhar a obra: o ator manauara Adanilo Reis integrará o elenco da produção. A segunda temporada está prevista para estrear ainda no primeiro semestre de 2020.

Em entrevista ao A Crítica, o amazonense explicou como foi o processo de seleção. “A série é rodada em São Paulo, eu estava vivendo no Rio de Janeiro. Fui lá fazer um primeiro teste e fui aprovado. Tempos depois me chamaram para uma oficina-teste com outros atores e atrizes, o preparador de elenco Vinicius de Oliveira e a diretora Joana Jabace”, coloca ele, que adverte: tudo o que pode falar sobre seu personagem no momento é que este será um dos personagens da escola.



Mas, embora não possa falar mais sobre o papel em si, Adanilo destaca o elo que o une ao aluno da ficção. “O personagem passa por um processo de autoafirmação de identidade. Nos últimos anos, tenho descoberto muito de minha ancestralidade indígena e me reconhecido como tal. Creio que eu e o personagem nos aproximamos muito nessas descobertas”, aponta.

Ainda conforme Reis, o elenco encontra-se na fase de ensaios, que se encaixa na fase de pré-produção. “As gravações começam na metade de janeiro. Tudo é filmado em São Paulo”, afirma ele, que alega ter uma preparação de elenco com “uma equipe incrível”.

“Que nos auxilia nos caminhos do personagem. Além disso, temos encontros com especialistas dos assuntos que vamos abordar”, complementa.

A parceria e a troca profissional com os colegas de elenco e o diretor da série são outro ponto alto do projeto. “Por se tratar de uma escola, buscamos esse vínculo de alunos e professores, essa amizade. O elenco é incrível, todos entregues e profundos. São várias as realidades retratadas em ‘Segunda Chamada’ e essa diversidade é uma das qualidades dos atores e atrizes desse projeto. A direção se mostra sempre aberta ao que cada um propõe, é um diálogo constante, aprendizado gigante”, declara Adanilo.

Foco

Por enquanto, o artista garante que vai se dedicar integralmente à série. “É um trabalho difícil, muita responsabilidade”, declara ele, que neste ano teve participação ativa em projetos do cinema e da televisão, como no filme “Marighella”, dirigido por Wagner Moura. “Esse ano fiz os filmes ‘Noites Alienígenas’, de Sérgio de Carvalho, no Acre; ‘O Adeus do Comandante’, de Sérgio Machado, no Amazonas; e ‘Oeste Outra Vez’, de Erico Rassi, em Goiás. Aguardo as estreias desses trabalhos, além da estreia nacional de ‘Marighella’. Meu grupo Teatro Galeroso também tem projetos pra desenvolver’”, pontua Reis.

Para os artistas amazonenses que sonham com uma carreira fora do Estado, Adanilo aconselha ser necessário “se ouvir”, entender seus desejos e projetar suas ideias, além de tentar viabilizá-las, independente do que aconteça.

“É difícil ser artista, sabemos. A situação do País é menos favorável que em outros tempos, mas não podemos parar, muito pelo contrário. O momento é de se lançar contra o que nos amarra. Pra gente, de Manaus, talvez seja mais difícil adentrar alguma espécie de circuito nacional e isso obviamente nem é o mais importante, mas é bastante possível. Não devemos em nada na qualidade artística”, completa Adanilo.

Subeditora de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.