Sábado, 20 de Julho de 2019
Buzz

‘Amor à Vida’, Amarilys dorme com Eron no período fértil para tentar engravidar

O desejo entre eles, antes atração reprimida, culmina na noite, em que tesão e culpa se misturam



1.jpg ‘Amor à Vida’, Amarilys dorme com Eron no período fértil para tentar engravidar
01/08/2013 às 14:02

De acordo com a coluna “TV e Lazer” do jornal “Extra”, fragilizada após sofrer mais um sangramento, Amarilys (Danielle Winits) vai para a cama com Eron (Marcello Antony) em “Amor à vida”. O desejo entre eles, antes atração reprimida, culmina numa transa, em que tesão e culpa se misturam.

A essa altura, a dermatologista ostenta uma dupla frustração, pois Eron e Niko (Thiago Fragoso) passam a cogitar a possibilidade de adotar uma criança. Ao perceber a tristeza dela com a novidade, o advogado do San Magno decide, sem avisar ao companheiro, fazer uma nova tentativa de fertilização. O dono do restaurante japonês fica naturalmente incomodado, mas releva, sem perceber ali, naquele pequeno segredo agora compartilhado, a semente de um envolvimento maior.

O momento mais íntimo entre eles acontece quando, pela terceira vez, ela percebe que a inseminação não deu certo. A dermatologista chora nos braços de Eron e expõe sua tristeza: “Eu só vim morar aqui porque ia ser barriga solidária de vocês... Mas se não tá dando certo, é melhor eu fazer as minhas malas”.

O advogado tenta convencê-la do contrário, e a médica, então, faz uma proposta a ele: “A gente ainda pode tentar ter um bebê... Eu tô no meu período fértil”. “Amarilys, não vou negar que você mexe comigo. Desperta desejos que eu não sentia há muito tempo... Se não existisse o Niko, seria você”, entrega-se Eron.

Apesar de entender os sentimentos que envolvem o casal, Amarilys afirma que não vai suportar ver a tristeza de Niko ao saber que ela não ficou grávida de novo. “Por isso essa ideia não me sai da cabeça... A gente pode ter o bebê do jeito natural, mais garantido... Esse milagre pode acontecer”, ela afirma.

Ainda que tentado, Eron se culpa pelo o que está prestes a fazer. “Não sei... Esse bebê seria nosso, não do Niko”, pondera. A dematologista rebate: “Não, o bebê vai ser de vocês dois. O Niko não vai saber de nada”.

O advogado faz Amarilys prometer guardar esse segredo, e os dois transam. “Eu devo estar maluco, mas você aqui, todo esse tempo, me despertou esse desejo. Eu também queria te beijar, Amarilys. Só promete, jura que vai guardar esse segredo”, rende-se de vez Eron.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.