Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
DIA DOS PAIS

Amor pelas artes da dança, música, coleções, culinária e ciência unem pais e filhos

Pais compartilham com A Crítica que adoram dividir o tempo e o hobby favorito ao lado dos filhos. Seja para executar um passo de balé, preparar um prato delicioso, colecionar carrinhos, cantar, ou aprender sobre Ciência



14/08/2016 às 00:29

Pai: sinônimo de amizade, companheirismo e muita diversão! Para comemorar o dia deles, celebrado neste domingo (14), que tal fugir do convencional e encarar atividades de entretenimento, arte e cultura ao lado do paizão? E o melhor: sem prazo de validade!

Nesta edição você confere exemplos de pais e filhos que adoram dividir o tempo juntos. Seja para executar um passo de balé, preparar um prato delicioso, colecionar carrinhos e heróis, cantar, ou aprender sobre Ciência. Tudo é válido para fazer o Dia dos Pais inesquecível. Inspire-se!

Juntos nos ensaios, no palco e no espetáculo chamado ‘vida’

O amor pela arte é visível em Anna Julia, 4. Filha do profissional de dança e de Educação Física Ualisson Carvalho, 30, a menina deu os primeiros passos no balé, junto com o pai, na “Pés Studio de Dança”. A programação favorita da dupla é criar histórias de fantasia, tomar banho de piscina, ir à sorveteria e, claro, ensaiar novas coreografias.

“A dança faz parte da minha vida e poder compartilhar isso com minha filha tem sido de grande valia, pois a arte nos transforma e sei que, juntos, construiremos novos caminhos que a dança sempre nos proporciona”, afirma, ao citar hobbies de pai e filha.

“Costumamos ir aos espetáculos de dança e ensaiamos nos festivais do nosso studio. Vê-la na dança me deixa feliz, mas anseio vê-la ser uma artista de alma, independentemente do rumo artístico que venha escolher”, completa.

‘Mergulhados’ na ciência e no universo

(Foto: Arquivo pessoal)

O professor universitário e pesquisador , Ricardo Serudo é aquele típico pai que adora dividir toda e qualquer atividade ao lado do filho, o pequeno Daniel, 6. “Eu acredito que a palavra ensina, mas o que motiva é o exemplo. Então, sempre tive o hábito de fazer tudo ao lado do meu filho, pois assim ele se torna uma criança que aprecia fazer as coisas”, opina Ricardo. Toda última sexta-feira do mês, o pequeno acompanha o pai no laboratório para fazer alguns experimentos.

“Ele tem o próprio kit pesquisador que vem vários instrumentos de ensaio. E é ali, no laboratório, ao meu lado, que ele tem as primeiras experiências no mundo da Ciência”, conta. Além dessa atividade, eles também curtem juntos Star Wars e adoram lutar com sabres de luz. “É muito legal ser o melhor amigo do meu pai desde bebê”, finaliza o pequeno Daniel.   

Culinária também é diversão em família

(Foto: Aguilar Abecassis)

Chef na Alquimia Arte Culinária, Fernando Souza Neto, 43, se dedica a ensinar desde o básico ao mais difícil da gastronomia. Mas os principais “alunos” dele são os filhos: Gabriel, 23, Maria Fernanda, 19, e Maria Luiza, 6. Quando a turma se reúne na cozinha, a diversão e pratos deliciosos estão garantidos.

“O prazer de cozinhar e de comer bem estão presentes na nossa família desde os meus avós. Com meus filhos, tenho certeza que o gosto pela cozinha continuará por gerações, levando a diante as receitas tradicionais da família e de nossa cultura”, afirma, ao revelar que a caçula pretende ser chef quando crescer. “Meu filho é administrador e pensa em ter negócios ligados à alimentação. A do meio prefere mesmo comer (risos) e a menor fala que vai cozinhar melhor que eu quando crescer. Eu não tenho dúvidas”, completa.

Carrinhos e heróis

(Foto: Clóvis Miranda)

“Meus filhos são fanático por carros e heróis”, confessa Clyde de Souza, pai de Cauã, 4, e Felipe, 12, que desde 2003 coleciona mais de 500 brinquedos com os filhos. Em termos de cuidados com os objetos o trio entende muito bem.

“Os bonecos mais caros, que são da Marvel, por exemplo, ficam todos dentro da caixa. Assim como outros”, conta Clyde. Ele nos conta que, por motivos financeiros, em 2014 teve que abrir mão da coleção. “Mas logo em seguida recomecei. Os meninos gostam muito. O Cauã adora os carros e o Felipe é apaixonado pelos heróis, inclusive sabe de cor o nome de cada um”, disse.

Sintonia musical

(Foto: Arquivo pessoal)

O cantor Adriano Arcanjo e a filha Beatriz,  mais conhecida como Bibi, 8, adoram cantar juntos. Entre as músicas da playlist: “Águas de Março - Tom Jobim“, que já ultrapassou mais de 10 mil visualizações no vídeo postado no Facebook.

Segundo o pai é a pequena quem escolhe o que quer cantar. “Ela já tem uma identidade musical. Sempre me surpreende. É claro que somos pai e filha, mas nossa sintonia é muito maior dentro da arte”, diz Adriano.

Confira abaixo o vídeo especial para A Crítica da dupla cantando "Felicidade - Seu Jorge".

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.