Publicidade
Entretenimento
Vida

Amor sem pressa: namorados de longa data contam suas histórias

Alguns casais já têm memória para dar e vender, com os anos de relacionamento já entrando nas duas casas e o amor inalterado só dando razões para sorrir 05/06/2015 às 13:54
Show 1
Ana Carolina e Luiz Felipe agora estão noivos
Lucas Jardim Manaus (AM)

Com o Dia dos Namorados se aproximando, é comum casais aproveitarem para relembrar suas histórias e os momentos queridos que passaram juntos. Para alguns, no entanto, essa memória já é muito longa, como os anos de relacionamento já entrando nas duas casas e o amor inalterado só dando razões para sorrir. “Vivemos tanta coisa juntos já, é até difícil lembrar de algum momento em especial”, disse a advogada Raquel Procópio, que namora Leonardo Martins há quase 10 anos.

A história deles parece vinda de romances juvenis: eles são vizinhos desde crianças e foram criados juntos. “Ele tinha muito contato com a minha irmã e convivia muito comigo também, brincávamos juntos e tudo. Quando eu tinha 15 anos, a gente começou a conversar e eventualmente acabamos querendo algo mais sério”, explicou Raquel.

A idade e o conservadorismo das famílias acabaram pesando muito contra a relação no início, segundo ela. “A história toda foi muito surpreendente porque eu era muito nova e claro que nossos pais ficaram preocupados por conta dos nossos estudos. Além disso, a minha família, que é um pouco mais conservadora do que a dele, demorou bastante para aceitar nossa relação. Precisou de um para que eles desenvolvessem confiança mesmo no Leonardo, que eles vissem que a gente ia durar, que ele iria ter a carreira dele e eu a minha e a gente ia conseguir se sustentar”, relatou.

Em comum

A preocupação com a carreira é algo que ambos herdaram de suas famílias e carregam muito próximo a si, o que é algo que os une apesar da distinção entre os seus ofícios: enquanto Raquel é advogada, Leonardo é geógrafo. “A gente sabe que não tem nada a ver mas nunca tivemos problema com isso. Temos muito em comum, principalmente o gosto musical. Sempre tivemos essa ligação com música, gostamos de ouvir CDs inteiros e de compartilhar informações de artistas que acompanhamos. Por exemplo, eu sou muito fã de Beatles e ele também gosta. Além disso, quando a gente começou, música na internet ainda não era o que é hoje, com todas essas facilidades, então ele gravava CDs para mim, só com coisas que eu gostava. No mais, nós dois gostamos de cachorro e somos muito caseiros. Não somos muito fãs de balada”, relembrou Raquel.

Atipicamente para casais com longos namoros, os dois alegam não ter pressa para se casar, nem mesmo para deixar de morar com os pais, coisa que ainda fazem. “A gente não está pensando em morar junto por agora, nem em casar ou ter filhos. Pelo menos, não enquanto não tivermos condições de nos manter. Estamos batalhando pelas nossas coisas e crescendo nas nossas carreiras para darmos esse passo”, ponderou.

Raquel e Leonardo, que moram em Fortaleza, curtindo uma praia (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Esse senso de ritmo próprio se reflete na maneira como lidam com as fases do relacionamento. “Temos uma mania juntos de ‘guardarmos nossas primeiras vezes’, que é uma forma de deixar coisas marcantes para um casal para depois. Uma primeira vez memorável foi nosso primeiro cinema juntos, quando fomos ver Piratas do Caribe 2, e isso era em 2006. Desde então, a gente já teve a primeira vez de comprar coisas para o casal. Já compramos diversas mas nada de valor muito alto, mas queremos investir num carro juntos no futuro. Depois disso, ainda queremos fazer nossa primeira viagem juntos, que ainda não fizemos”, enumerou.

Enfim, noivos

Enquanto isso, o casal Ana Carolina Machado e Luiz Felipe Câmara já viajou junto e já teve pelo menos um momento muito especial em um destino mágico: Luiz pediu a mão de Ana em casamento em frente ao Castelo da Cinderela, icônica construção localizada no Walt Disney World, nos Estados Unidos, vinda diretamente dos contos de fadas.

“Eu brinco com o Luiz que ele demorou nove anos para ter certeza de que queria casar comigo, e em outubro do ano passado, ele finalmente me pediu a mão. Agora, prestes a completarmos nosso décimo ano juntos, estamos envoltos na organização do casamento”, disse Ana, risonha.

Eles cursaram a faculdade de Direito juntos, mas segundo ela, o papo começou antes. “Nasci em Belém e morava lá quando a gente começou a conversar pelo Orkut, que era bem popular na época, e ele me convidou para conhecer a cidade. Nesse meio tempo, eu acabei vindo morar aqui com a minha família em 2005, quando eu tinha uns 18 anos, e a gente intensificou a conversa e acabamos namorando”, relembrou.

A história deles está cheia de vitórias compartilhadas, uma delas sendo a faculdade. “Ah, a gente se formou junto, estávamos na mesma festa de formatura, foi especial. Nessa época, a gente já estava bem junto. Ele demorou uns quatro anos para entrar no meu quarto, mas também quando entrou, não saiu mais e hoje ele praticamente vive comigo”, comentou.

Durabilidade

Diante da nova fase, Ana não esconde a felicidade e comenta que não conhece muitos casais que duraram tanto tempo. “Tirando um que também acabou casando, todos os casais que a gente conheceu da época da faculdade terminaram”, falou.

Quando perguntada qual o segredo da longevidade da relação, ela responde com clareza. “Acima de tudo, companheirismo, que é algo que sempre tivemos, mas também muito senso de humor. É importante fazer o outro rir. Também é preciso muita paciência pois, em 10 anos, por exemplo, muita coisa vai acontecer e você vai ter que saber lidar”, explicou Ana.

Também prestes a completar 10 anos de relacionamento, mas com uma postura totalmente diferente com relação a ele, Raquel, curiosamente, também destaca o companheirismo como um elemento indispensável à manutenção da vida à dois. “Você tem que saber que pode contar com o outro para tudo e eu tenho isso desde sempre com o Leonardo. Ele me apoia muito nas minhas decisões e na minha carreira. Além disso, o cara tem que ter bom humor, lealdade e confiança”, concluiu.

Publicidade
Publicidade