Publicidade
Entretenimento
Buzz

Andressa Urach diz se arrepender pelos excessos em busca de fama

Ela contou que o desejo em aparecer na mídia às vezes é incontrolável e que está sofrendo, como se estivesse se recuperando de uma droga 24/01/2015 às 15:24
Show 1
Andressa Urach passeia em Florianópolis antes da segunda internação
acritica.com* ---

Em entrevista à revista Istoé que chega as bancas neste sábado (24), a modelo e apresentadora Andressa Urach, que se recupera de uma infecção da perna causada pela aplicação de hidrogel, diz se arrepender pelos excessos em busca de fama. Ela contou que o desejo em aparecer na mídia às vezes é incontrolável e que está sofrendo, como se estivesse se recuperando de uma droga.

"Ser famosa quase me matou. Consegui fama em seis anos, mas sucesso pode levar 20, 30 anos, e não vem apenas de um corpo bonito. Depende também de oportunidade, estudos (...) Hoje, essa doença tenta ainda ocupar minha mente. É como se eu estivesse me recuperando de uma droga, por isso estou sendo acompanhada por psicólogo. Tive de me afastar das redes sociais. Ver todo mundo se preparar para o Carnaval e eu não estar à frente de uma bateria, como no ano passado, é muito difícil. Tomo calmantes para segurar esse meu impulso pela fama, pela vaidade", contou ela à publicação.

Mesmo assim, Andressa ainda sonha em chegar longe na sua carreira artística. "(...) Na vida, ninguém começa de cima, há degraus a serem conquistados. Mas agora estou numa segunda fase da carreira, na qual não preciso só da minha bunda, mas sim da minha cabeça, do cérebro. Vou ser, sim, a futura Hebe Camargo. Pernas, cortes ou cicatrizes não irão fazer diferença nesse meu novo trabalho".

À revista, Urach falou sobre a noite de amor com Cristiano Ronaldo e demonstrou arrependimento por ter exposto o jogador: "Depois dessa quase morte, fiz promessa de pedir perdão a todos que por algum motivo magoei. Eu errei ao expor o caso com o Cristiano para a imprensa. Peço perdão a Irina (modelo russa que namorava o português), porque ela tinha um relacionamento com ele e eu não respeitei isso pelo fato de o Cristiano ser o meu ídolo, aquele homem dos sonhos, algo intocável. Peço perdão a ela e ao Cristiano. Se pudesse voltar no tempo, não queria que aquilo acontecesse", completou ela à "Istoé".

Quase morte

Em dezembro do ano passado, Andressa foi internada em estado grave em Porto Alegre, sua cidade natal, com fortes dores por conta dos efeitos da superdosagem de hidrogel aplicado em 2009 e que então que se espalharam pelo sua perna. Ela recebeu aplicações de morfina, chegou a ficar  em coma e correr risco de morte. Em janeiro, sua perna voltou a infeccionar, causando dor e produzindo secreção e pus.

Esta semana a modelo se envolveu em mais uma polêmica quando acusou a família do seu pai, Carlos Alberto Urach, de ter vendido suas fotos no hospital a uma agência. Ele rebateu e disse que tudo foi armado por ela. Com cicatrizes profundas nas pernas, agora Andressa tenta retomar a vida.

*Com informações da Istoé


Publicidade
Publicidade