Domingo, 26 de Maio de 2019
A TODO VAPOR

Aparecida quer o penta! Agremiação está focada para levar o título

A escola vai homenagear os três séculos do encontro de Nossa Senhora de Aparecida, sua padroeira. Os ensaios estão fervendo após o dia 8 de janeiro, às quintas e sextas, a partir das 20h



1176291.jpg
Fotos: Evandro Seixas - Arquivo/AC
26/12/2016 às 14:25

O jornal Manaus Hoje apresenta às segundas-feiras os preparativos de cada uma das oito escolas que compõe o grupo especial do Carnaval de Manaus. Nesta semana, a escola de samba que leva o nome da santa padroeira do Brasil, Mocidade Independente de Aparecida, atual campeã, juntamente com a Reino Unido da Liberdade, revela detalhes do que levará para avenida em 2017.

A escola homenageará os três séculos do encontro de Nossa Senhora de Aparecida, cuja aparição ocorreu à beira do rio Paraíba do Sul, em São Paulo. Após o encontro milagroso foram muitos os fenômenos realizados, até culminar no sonho da princesa Isabel, que em agradecimento doou à imagem o manto que carrega até hoje. Com o enredo “Gratia Plena, Aparecida! – 300 anos no coração do Brasil – Rogai por nós, Nossa Senhora”, a agremiação busca o pentacampeonato na avenida no dia 25 de fevereiro.

O presidente da escola, Saulo Borges, explica que contará a história desde o aparecimento da imagem até o momento em que a santa é consagrada rainha do Brasil. “Grande parte dos brasileiros católicos é devoto de Nossa Senhora. A gente vem contando essa história toda, os percalços e problemas que aconteceram e todas as glórias que a santa enfrentou até se tornar a padroeira e a única rainha coroada do país”, contou.

Saulo revela ainda que buscar o quinto título não será fácil, mas a escola vem se preparando de acordo com o regulamento da comissão das escolas de samba e, com a proximidade do desfile, os ensaios têm sido realizados frequentemente. Após o recesso, no dia 8 de janeiro, os ensaios voltam a movimentar a frente da quadra na rua Ramos Ferreira, no bairro Aparecida, às quintas e sextas, a partir das 20h. Já no domingo, o ensaio é dentro da quadra, a partir das 20h.

Atualmente, os esforços da diretoria e toda agremiação é na elaboração do que será levado para o Sambódromo: será 25 alas com cerca de componentes cada uma, 3 carros alegóricos e tripés cujo número ainda não foi definido. A ala das baianas terão 50 participantes, a ala infantil desfilará com 57 crianças e a bateria terá ainda 240 componentes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.