Publicidade
Entretenimento
Buzz

Após afirmar que líder do grupo Mamonas Assassinas 'se vendeu ao Diabo', Feliciano é processado

O deputado federal deverá ser notificado judicialmente, porque existe um processo sendo movido contra ele pela família do músico 24/05/2013 às 15:50
Show 1
Dinho, líder do grupo Mamonas Assassinas
acritica.com ---

O pastor e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano vai ser notificado pela justiça por afirmar em um culto que Dinho, líder do grupo Mamonas Assassinas, 'se vendeu ao Diabo' e que o acidente aéreo que provocou a morte dos integrantes da banda foi um "castigo de Deus".

O deputado federal deverá ser notificado judicialmente, porque existe um processo sendo movido contra ele pela família do músico. A ação pede R$ 10 mil de reparação de dano moral e será ajuizada ainda nesta semana na Vara Cível de Guarulhos, em São Paulo, segundo declaração do advogado da família, Darci Pannocchia, em entrevista a revista “Caras”.


Publicidade
Publicidade