Publicidade
Entretenimento
Vida

Após quatro meses de dedicação Monobloco lança o ‘Arrastão da Alegria’

O novo disco do grupo tem a participação de nomes como Ivete Sangalo, Preta Gil, Diogo Nogueira e Roberta Sá. Em julho uma turnê deve ser iniciada 07/06/2013 às 08:43
Show 1
O Monobloco planeja rodar todo o Brasil a partir de julho de 2013
Gabriel Machado ---

Quem costuma pular Carnaval ao som do Monobloco já está familiarizado com o mix de gêneros e ritmos realizado por Pedro Luís, Sidon Silva, C.A. Ferrari e cia. E esta força de identidade do grupo que puxa o “Arrastão da Alegria”, segundo trabalho de estúdio da carreira do coletivo, criado há 13 anos a partir de uma oficina de percussão, e que chegou este mês às lojas de todo o Brasil, com o selo da Som Livre.

O álbum, que demorou cerca de quatro meses para ser finalizado, leva para o estúdio o baile do Monobloco que roda o País e arrasta milhares de foliões na Avenida Rio Branco, no encerramento do Carnaval carioca. “No nosso primeiro CD, éramos muito ‘verde’, como produtores e Monobloco. Nós pegamos uns 600 shows entre o disco de estreia e o ‘Arrastão da Alegria’, então os fãs podem esperar um trabalho bem mais maduro, tanto na sonoridade como na escolha do repertório”, comparou Sidon, um dos fundadores do grupo.

Como bem diz a faixa que abre e batiza o novo trabalho, “Arrastão da Alegria” “tem samba, charme e rock’n’roll. Xote, baião e ijexá. Tem samba enredo, funk e soul”, acompanhado do auxílio luxuoso de Davi Moraes, Diogo Nogueira, Fagner, Ivete Sangalo, Pepeu Gomes, Preta Gil e Roberta Sá. “Com o Diogo e a Preta cruzamos direto, enquanto a Roberta já é da casa. A Ivete se declarou fã, para a nossa honra, e disse que corria na esteira nos escutando. O disco é uma mistura, de artistas que admiramos muito e que já tinham trabalhado conosco com outros que sempre tivemos vontade de fazer parceria”, destacou Pedro Luís.

Entre as 14 canções que compõem o álbum, destaque para quatro inéditas: a faixa-título, um presente de Rogê (escrita em parceria com Fred Camacho e Marcelinho Moreira) e com participação do guitarrista Davi Moraes; “Tu Quer?”, composição que Lenine fez especialmente para o disco e que ganhou a voz de Preta Gil; “Nasci pra Morrer de Amor”, da safra de Arlindo Cruz ao lado de Maurição e Franco, que traz a ginga de Diogo Nogueira e arranjo de metais de Serginho Trombone; e “Balança Geral”, o funk do álbum composto por Aílton Assumpção – que também está presente na música – e Alexandre Nascimento.

TURNÊ

Para divulgar “Arrastão da Alegria”, o Monobloco cairá na estrada a partir do próximo mês. A turnê começa no dia na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, com direção de Gualter Pupo. Depois, o grupo vai percorrer diversas cidades do País, como Brasília (DF), São Luís (Maranhão), Fortaleza (Ceará), Belo Horizonte (Minas Gerais) e Guarapari (Espírito Santo). “Com certeza vamos a Manaus, cidade por onde sempre passamos e que nos recebe tão bem. A ideia é rodar todo o Brasil”, completou Sidon.

Publicidade
Publicidade