Publicidade
Entretenimento
Vida

Armandinho fala sobre esperado show de reggae neste sábado (1º) no Manaus Eco Festival

O gaúcho renomado na cena regueira falou em entrevista sobre a proposta de show no maior festival de reggae da Região Norte e seu novo álbum ‘Sol Loiro’ 30/10/2014 às 10:07
Show 1
O músico e a banda se apresentam no Manaus Eco Festival, neste sábado, 1º, no Tropical Hotel
Jornal A Crítica Manaus-AM

Um dos grandes nomes do reggae brasileiro, um artista com a carreira consolidada e que possui milhares de fãs espalhados por todo o País. Antônio Armando Silveira da Silveira, ou melhor, Armandinho, cantor popular brasileiro que fez do reggae seu ponto de partida para alcançar outros gêneros e públicos.

Com talento e carisma inigualáveis, o músico e a banda se apresentam no Manaus Eco Festival que ser realizado no dia 1º de novembro, na área da piscina do Tropical Hotel. Nesta mesma noite sobem ao palco as bandas Chimarruts, Maneva, Onze:20 além das locais, Johnny Jack Mesclado e Reconnect.

Vibe positiva

Nascido em Porto Alegre, com 14 anos de carreira, Armandinhose considera um artista privilegiado nos dias de hoje. Com a família, ele mora atualmente no Rio de Janeiro e consegue conciliar a carreira musical à prática de esportes, o surf e o skate, paixões declaradas pelo gaúcho. “Hoje realizo tudo o que quero e me dá prazer. Cheguei a um patamar de maturidade que me dá condições para isso. Eu toco, canto, pratico surf e ando de skate, e não me sobra mais tempo para fazer muita coisa. Isso se tornou um hábito diário”, disse Armandinho, acrescentando que o “bem estar” proporcionado pelo conjunto de atividades prazerosas age como um combustível para compor. “Tenho uma opinião formada sobre isso e não considero esses esportes como os outros, para mim são modalidades musicais. O skate é um complemento ao surf e estão totalmente relacionados à música”.

Sempre em defesa do meio ambiente, Armandinho aceitou de imediato o convite da The Vikings para participar do Manaus Eco Festival, que segue a mesma proposta do artista: incentivar a preservação ambiental e a sustentabilidade. Para o cantor, a ação inconsequente do homem contra a natureza ainda é muito presente nos dias de hoje. “Eu mais do que ninguém luto por essa causa. Briguei de todas as formas, mas não teve jeito. Saí do lugar onde morava em Santa Catarina, Praia Brava, porque não aguentei ver um paraíso sendo destruído pelo homem de forma tão agressiva”.

O cantor ressaltou que iniciativas como a do festival dão visibilidade às questões ecológicas e aumentam os multiplicadores de boas ações. “Essa proposta é bacana para conscientizar os jovens e, mais que isso, colocar na cabeça deles que pequenas ações no dia a dia podem sim fazer a diferença. Uma bituca de cigarro que você não joga no chão ou aquele lixo que você encontra na rua, junta e coloca no seu devido lugar, são formas mais simples que acabam se tornando um hábito”, disse o músico, que possui um discurso pronto para ser apresentado durante seu show no palco do festival.

Manaus Eco Festival

Quando: 1º de novembro (sábado)

Onde: piscina do Tropical Hotel, Ponta Negra

Quanto: Pista 2º lote - R$ 60 (estudante antecipado) 3x cartão ; Área Vip 2º lote - R$ 120 (estudante antecipado) 3x cartão. Open Bar de cerveja, água e refri até às 3h.

Pontos de Vendas: Loja Asya Fashion, Loja Tendência e pelo site www.ingresse. com.br

Info.: 9214-0997 / 9254-0955 / 9202-0088

Publicidade
Publicidade