Publicidade
Entretenimento
Vida

Artesão das palavras: Augusto Cury lança novo livro

Em seu novo trabalho, “Armadilhas da mente”, ele apresenta a história de Camille, uma bela mulher, rica e brilhante, capaz de deixar as pessoas impressionadas com sua habilidade de debater e argumentar 28/05/2013 às 13:05
Show 1
Definido por muitos como um escritor de autoajuda, Cury afirmou que, na verdade, suas publicações e palestras são de cunho científico
Rafael Seixas Manaus, AM

Em sua rápida passagem por Manaus, durante sua palestra na 24ª Convenção da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP), onde também lançou seu último livro, intitulado “Armadilhas da mente”, o psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Augusto Cury conversou com a reportagem de A CRÍTICA sobre a publicação, novidades na carreira e o sucesso como um dos escritores e intelectuais mais bem-sucedidos do País. Ao todo, ele já vendeu mais de 20 milhões de livros somente no Brasil e suas obras já foram premiadas em mais de 60 países.

Definido por muitos como um escritor de autoajuda, Cury afirmou que, na verdade, suas publicações e palestras são de cunho científico.

“Uma palestra de autoajuda ou um texto de um livro produzem uma série de efeitos imediatos, mas que não se sustentam ao longo da história do ser humano, porque não têm ferramentas para estimular a arte de pensar e nem para estimular o ‘eu’ (do indivíduo) para ser o autor da história. As minhas conferências, como meus livros, são de divulgação científica. São de psicologia, psiquiatria, sociologia... Estou sempre disponibilizando uma série de fenômenos e ferramentas para que meus ouvintes e leitores possam, efetivamente, nos mais diversos focos de tensão e nas mais diversas circunstâncias, aplicá-las”, disse o paulistano.

Literatura

Em seu novo trabalho, “Armadilhas da mente”, ele apresenta a história de Camille, uma bela mulher, rica e brilhante, capaz de deixar as pessoas impressionadas com sua habilidade de debater e argumentar. Mas seus diplomas e seu intelecto não foram suficientes para evitar que se tornasse vítima de suas próprias emoções.

“Ela foi diagnosticada como portadora de uma psicose paranóica, ou seja, ela tem ideias persecutórias. De fato, ela fica sempre com o pé atrás com o seu marido, psicólogos, amigas e assim por diante. Mas ela não tem uma psicose paranoica, ela tem uma personalidade paranoica, uma diferença muito grande. As pessoas que acham que estão ‘puxando o seu tapete’ toda hora é uma personalidade paranóica. Psicose paranoica é quando se ouve vozes, quem acredita que o mundo está conspirando contra si”, adiantou o escritor, salientado que existem diversas Camille por aí.

Audiovisual


Em breve, alguns títulos de autoria de Cury irão ganhar vida no tela do cinema. Sobre a novidade, ele disse que os filmes, que são romances psiquiátricos e psicoterapêuticos, provavelmente serão gravados em setembro de 2014.

“Primeiro será o ‘O vendedor de sonhos’; o segundo, talvez, ‘Armadilhas da mente’ ou ‘O futuro da humanidade’; o terceiro ‘O vendedor de sonhos – Volume 2’; o quarto ‘O colecionador de lágrimas’; e o quinto ‘O vendedor de sonhos – Volume 3’, que é chamado de ‘O semeador de ideias’. Há uma produtora muito importante, inclusive com o patrocínio da Paris Filmes, que está interessada em lançá-los. Está em fase de construção do roteiro (de ‘O vendedor de sonhos’) para ano que vem ser filmado”.

Manaus

Atenção e carinho aos leitores são elementos que o autor não dispensa por onde passa. Em Manaus, ele fez questão de atender todos da extensa fila de autógrafos e, apesar da direção do evento chamá-lo para outras atividades, fez questão de não sair do local até que todos fossem atendidos – os que queriam autógrafos, tirar fotos ou até mesmo bater um bom papo.

O autor, chamado para fazer diversas palestras e sessões de autógrafo pelo mundo, contou que atende somente 5% dos eventos que é convidado, devido o número de compromissos. O público de Manaus, portanto, pode se sentir especial.

Estudo

O escritor é criador da Teoria da Inteligência Multifocal, que visa explicar o funcionamento da mente humana e as formas de como devemos fazer para exercer maior domínio sobre a nossa vida por meio da inteligência e pensamento. O psiquiatra preocupa-se, em suas conferências e livros, com as tensões e angústias do dia a dia. Os problemas derivados do trabalho excessivo e as exigências do mundo moderno são assuntos constantes nas explanações de Cury.

Publicidade
Publicidade