Publicidade
Entretenimento
Buzz

Artilheiro da Rodada, Bruno Sabino diz que Nacional ainda falta entrosar

Gaúcho de Porto Alegre (RS), Bruno Sabino está emprestado ao Nacional até novembro. Jogador fez quatro gols contra o Sul América e assumiu a artilharia isolada no Amazonense 2013 28/02/2013 às 14:52
Show 1
Bruno Sabino comemora ums dos quatro gols contra o Sul América
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

No primeiro jogo do Nacional contra o Rio Negro o técnico Vilson Tadei escalou Bruno Sabino como um falso atacante pelo lado esquerdo. O Nacional venceu por 2 a 0, mas os marcadores foram Charles e Felipe.

Meia de origem, o jogador tem a confiança de do treinador e, mesmo com cinco atacantes no elenco, Sabino foi escalado no ataque ao lado de Felipe. O Nacional começou perdendo, mas imediatamente veio a reação e Bruno Sabino fez quatro gols. Miltinho fez o quinto gol do time nacionalino.

Neste domingo o jogador ficou em casa com a família e não escondia a felicidade de ter feito quatro gols. “Nunca aconteceu isso. Apesar da pouca idade – 23 anos – ainda não tinha feito quatro gols numa partida”, disse Bruno Sabino.

Sobre a improvisação num time que tem cinco atacantes, Bruno Sabino diz que o treinador confia nele e o escalou e, que a briga vai ser boa no ataque, pois, todos têm qualidade.

“O time  é muito bom. Não é só no ataque> Eu até comento com o Danilo Rios, que, quando nosso time tiver bem entrosado vai ser difícil de nos vencer. A diretoria foi muito feliz em montar esse time e quem vai ganhar com isso vai ser o torcedor”, disse Bruno Sabino.

Pênalti

Quando Danilo Rios sofreu o pênalti, Bruno Sabino sabia que poderia cobrar a falta máxima. Isso porque, segundo Ele, quem sofre o pênalti não bate, isso, por uma determinação do treinador.

“Nosso time tem sete cobradores de pênalti, mas quem sofre não pode cobrar. Como eu tinha feito dois gols pedi ao Morisco pra deixar eu cobrar e ele me incentivou. Fui feliz e fiz meu terceiro gol no jogo.

Bruno Sabino tem contrato com o Lajeadense (RS) e está emprestado ao Nacional até novembro, quando termina a Série D. Segundo ele, o time tem como prioridade chegar á Série C do Brasileiro.






Publicidade
Publicidade