Quarta-feira, 15 de Julho de 2020
#SOSJanderManauara

Artistas se unem em corrente solidária por músico amazonense

Ações como doações espontâneas, rifa e live musical buscam arrecadar recursos para ajudar o rapper Jander Manauara, que enfrenta graves problemas de saúde



zBV0130-001F_40C8417D-857F-4F7C-BCEC-FBE0CBE97EA8.jpg Foto: Divulgação
29/06/2020 às 19:04

Diversos artistas amazonense se uniram em uma corrente de solidariedade e apoio ao rapper Jander Manauara, internado no Hospital Platão Araújo desde o dia 25 de maio, após uma série de complicações de saúde. Nomes de peso da música na região se mobilizaram e criaram a campanha #SOSJanderManauara, que tem como objetivo realizar ações para arrecadar fundos que possam custear os cuidados que o artista precisa no momento.

A campanha começou a circular nas redes sociais neste último final de semana, poucos dias após o rapper expôr publicamente sua atual situação através de uma publicação em seu Instagram.



Um dos responsáveis por encabeçar o movimento solidário é o músico e ex-Secretário de Cultura do Estado, Denilson Novo. Segundo ele, várias frentes se sensibilizaram com Jander e começaram a se mobilizar, ao que decidiram unir as forças pelo mesmo prol.

“Essa campanha surgiu da necessidade mesmo, de a gente ver um parceiro de projetos e amigo artista passando por esse momento difícil, ao lado de outras pessoas passando por momentos difíceis, então unimos forças para tentar contribuir”, explica.

Além de estimular doações espontâneas, que podem ser feitas por transferência bancária ou por doações de itens como fralda adulta, materiais de higiene e cestas básicas,  o movimento realizará algumas ações na esperança de aumentar as arrecadações. 

Entre as iniciativas está uma rifa solidária que irá sortear um kit artístico compostos por itens doados por nomes como o do artista plástico e grafiteiro amazonense Raiz Campos e dos músicos Cileno e Milton Cabocrioulo.

“Fiz contato com o Victor Sagaz, um skatista profissional de São Paulo e grande amigo do Jander que deu a ideia de rifar um shape de skate da marca dele. Nisso a ideia cresceu e decidimos fazer um grande kit artístico para rifar”, conta Denilson.

Todos os ítens do kit, bem como o início da venda das rifas, serão anunciados em uma live que acontece nesta sexta-feira (3), a partir das 21h, no Instagram da banda de Jander, a Manauaras em Extinção (@manauarasemextincao). A transmissão trará colegas de Jander que contarão histórias e doarão pertences para compor o prêmio, além de muita música ao vivo.

Entre os nomes confirmados para o evento estão os músicos Nicolas Jr, Milton Cabocrioulo, Clóvis Rodrigues, Cileno, Tenessee Nogueira, Léo e Cinara da banda Pacato Plutão e Hen, guitarrista da Manauaras em Extinção, com participações de Raiz Campos, Vitor Sagaz e apresentação de Denilson Novo.

“Todos nós não estamos nos mobilizamos a toa, a gente vê a luta. É um camarada que é esforçado pra caramba, tem uma história na música e na arte do Amazonas, contribui com projetos culturais, está sempre unindo esforços com as frentes para o desenvolvimento da arte no nosso Estado”, define o ex-secretário.

Estado de Saúde

Na última quinta (25), o rapper Jander Manauara surpreendeu fãs e colegas ao revelar em suas redes sociais seu atual estado de saúde e a árdua batalha pela própria vida que travou ao longo do mês. O músico deu entrada no SPA Coroado para a retirada de um tumor abdominal, em seguida foi transferido para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. 

Durante o processo pós-operatório, Jander sofreu algumas complicações e ficou cerca de cinco dias em coma após quase sofrer um AVC. Em meio a internação, o músico também descobriu ser portador de diabetes e foi diagnosticado com Covid-19. 

“A intensidade de todo esse desdobramento me fez renascer no meio de tudo isso, e morrer pra muita coisa”, escreveu o rapper em um trecho da publicação. 

De acordo com familiares de Jander, o artista ainda passará por procedimentos cirúrgicos. Apesar disso, seu estado de saúde é estável e o artista encontra-se lúcido. Em meio a tantos problemas, Ângela Andrade, irmã do músico, revela que Jander ainda busca ajuda para outros internados em situação semelhante.

“Além da ajuda ao músico, o que sobrepujar o custeio será doado para a ação ‘Anjos da Saúde’ que atua no serviço social com internados vindos do interior do Estado para tratamento e moradores de rua ou pessoas com outras dificuldades e necessidades no Hospital Platão Araújo. Isso foi algo que ele mesmo disse por mensagem aos amigos”, conta.

Como doar

As doações podem ser feitas através de transferência para os seguintes dados:

Nome: JANDERLEY SOUZA ANDRADE
CPF: 682405892-00
Banco: 260 - Nu Pagamentos S.A.
Ag: 0001
Conta: 1865573-5
Outras informações pelo telefone (92) 99500-9732 (Mel Angeoles).

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.