Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
ENCONTRO

‘Aslan geek’ reúne concurso k-pop, just dance e cosplay neste sábado (3) em Manaus

O evento ainda contará com o “GAB dance group”, o youtuber Jonathan Antunes e o campeão amazonense de Just Dance, Júlio Cézar



cosplay-1426091_1280.jpg Foto: Reprodução/Internet
30/05/2017 às 11:35

Neste sábado (3), em Manaus, os amantes do mundo geek têm encontro marcado no “Aslan Geek”. Realizado pela Escola de Idiomas Aslan pela primeira vez na capital, o evento ocorrerá de 16h às 20h com direito a concurso k-pop, just dance, cosplay, além de estandes geek e exibição de animes e desenhos animados. Alunos da Escola pagam R$ 10 (alunos rematriculados) e R$ 15 (não-rematriculados). Público externo paga R$ 15. Os ingressos estarão à venda até o dia 31 em todas as unidades Aslan (Aleixo e Grande Circular). 

A atividade vai contar também com a presença do “GAB dance group”, o youtuber Jonathan Antunes do canal Curta Ideia e o campeão amazonense de Just dance, Júlio Cézar. 



De acordo com a coordenadora pedagógica da Escola, Inglidy Ferreira, a atividade é voltada para os alunos Aslan, mas quem é de fora também pode participar desde que vá como convidado do estudante. “Esse é um evento totalmente voltado ao público nerd e que gosta de eventos com k-pop, just dance e cosplay. É um encontro desse mundo que vem crescendo tanto”, disse. 

Concurso 

A competição cosplay vai ser julgada pelos professores e público. Para quem vai disputar, o experiente cosplayer Lincoln Cifer diz que acima de tudo, é sempre bom escolher um personagem que você tem familiaridade. “Os jurados sempre julgam presença de palco, fidelidade ao personagem, originalidade e afins. Em um desfile é julgada a roupa do personagem, o quão fiel a pessoa está em relação ao personagem original, mas em alguns desfiles os jurados podem pedir poses e ações que o determinado personagem faz e como ele é”, diz ele com base nos concursos que ele já participou.

O também ator e youtuber recomenda ao público apostar nos clássicos. Segundo ele, personagens assim exigem um esforço a mais do participante. “São aqueles que marcaram épocas, pois todos conhecem e acham extremamente legais. São personagens que podem ser detalhados e exigentes de carisma. Mas ainda assim têm que ser uma boa escolha porque afinal, outro competidor pode pensar no mesmo e acabar indo vestido igual você”, finalizou. 

Just Dance

O campeão amazonense de Just dance, Júlio Cézar, estará no evento e dá algumas dicas para quem vai apostar no jogo. “Usem roupas leves, tênis e se aqueçam antes. O Just, além de ser eletrônico é um jogo movimentado que exige muito do corpo. É como se estivesse fazendo exercício físico, então é bom se aquecer para arrebentar nas danças e conquistar o primeiro lugar”, 
recomenda. 

O jogo funciona assim: no modo competitivo, o melhor desempenho ganha. Ou seja, quem alcançar com perfeição os movimentos exibidos na tela ganha o jogo. Quanto mais próximo se chega do passo, mais pontos se ganha. 

K-pop

O K-pop é um estilo de música pop coreana que tem feito sucesso entre os jovens. No encontro estará presente o grupo “GAB dance group”. O líder da equipe, Jorge Nepomuceno conta que a passagem deles pelo evento será especial.  “Estamos agora em parceria com o My Way dance group e com o 2U2 que estão nos ajudando em uma coreografia totalmente especial a esse evento. Totalmente preparada para o Aslan geek e estamos muito felizes com esse novo trabalho”, disse.

Serviço

O quê:  Aslan Geek
Onde:  Aslan da unidade Cidade Nova (av. Noel Nutels, 28, Cidade Nova)
Quando: sábado (3) de 16h às 20h.
Quanto: Alunos da escola pagam R$ 10 (alunos rematriculados) e R$ 15 (não-rematriculados). Público externo paga R$ 15. 
Vendas: até o dia 31 em todas as unidades Aslan (Aleixo e Grande Circular)


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.