Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020
Vida

‘Até o Tucupi’ promove debate sobre produção cultural no AM nesta quinta-feira

Evento acontece no Sebrae, às 19h, como parte da programação do circuito, promovido pelo Coletivo Difusão neste mês



1.jpg Edifício do Sebrae, na Av. Leonardo Malcher, Centro de Manaus
19/12/2013 às 14:28

Com o objetivo de estabelecer um debate franco sobre as ações de fomento à cultura no estado do Amazonas, o ‘Até o Tucupi - Circuito de Artes Integradas 2013’, estará realizando hoje, 19, às 19 horas, uma mesa com representantes de instituições públicas e produtores culturais da cena amazonense. O evento ocorre no Sebrae (Avenida Leonardo Malcher, 924 - Centro/ Sala 07), de forma gratuita e aberta ao público.

A mesa “Festivais como plataforma de fomento a cultura” irá avaliar conceitos, debatendo captação de recursos, produção e acesso. Visualizando festivais e eventos que reúnam grande número de artistas. Estarão presentes no evento: Caio Mota (Rede Brasil de Festivais); Bernardo Monteiro de Paula ou Márcio Brás (Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos/ Manauscult); Christiana(Secretaria de Estado da Cultura do Amazonas/ SEC-AM); Rodrigo Guedes ou Bruno Soares (Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer/ Semjel); Sâmia Nunes (Sebrae-AM); Douglas Rodrigues (Estação Artfato); Edgar Kimo (JarakillersFest); Davi Escobar (Cauxi produções); Luneta Mágica; Negro Lamar (Movimento Hip Hop); Cida Ari-Poria (Coletivo Feminino Mariam); Elisa Maia (Coletivo Difusão); e Paulo Trindade (Casa Fora do Eixo Amazônia).



Circuito
Ocorrendo de 4 a 22 de dezembro, em Manaus, o ‘Até o Tucupi - Circuito de Artes Integradas’, neste ano, veio buscar uma ação compartilhada, promovendo a interação entre diversos segmentos da arte, de forma não-competitiva. Com uma linguagem diferenciada e inovadora, o evento é composto por uma série de projetos independentes, de várias formas artísticas e socioculturais, além de atividades de formação na área cultural, espalhados pelas zonas da cidade.

Sem nenhum tipo de patrocínio, o projeto buscou fomentar as produções culturais independentes de baixo custo, estimulando práticas associativas e estabelecendo parcerias entre profissionais e mobilizadores culturais.

O Até o Tucupi é produzido desde 2007 pelo Coletivo Difusão e tem como objetivo valorizar as produções artísticas realizadas no Amazonas, promovendo o intercâmbio entre agentes culturais de outras regiões do país, no que tange ações de qualificação, produção, circulação e troca de tecnologias sociais referentes a cadeia produtiva da cultura independente.

* Com informações do Coletivo Difusão


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.