Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
FIM DE SEMANA

Ateliê 23 apresenta solo de teatro sobre as 'relações líquidas' do cotidiano

“O que sobrou de nós”, do ator e diretor Taciano Soares, é parte da investigação para próximo espetáculo



Cr_dito_Diego_Oliveira..JPG Apresentação faz parte da 2ª Mostra Inútil (foto: Diego Oliveira)
17/12/2016 às 09:43

Está em cartaz neste sábado (17) e domingo (18), no Ateliê 23 (Rua Tapajós, 166, Centro), o solo de teatro “O que sobrou de nós”, do ator e diretor Taciano Soares. A apresentação, que começa às 20h em ambos os dias, faz parte da 2ª Mostra Inútil e segue o sistema do “pague quanto puder”.

Segundo o diretor, o trabalho é construído em cima de histórias de traição, autoabandono (quando você desiste de si ou do que acredita em função do outro), de relações abusivas e as questões de “liquidez” que o teórico Zygmunt Bauman tem nutrido na companhua a partir da leitura dos livros “Modernidade Líquida” e “Amor Líquido”.

“O que sobrou de nós” também faz parte do processo de criação do novo espetáculo do Ateliê 23, “Sobre a adorável sensação de sermos inúteis” (estreia prevista para o primeiro semestre de 2017), que vai refletir sobre como as relações em casa, no trabalho, com amigos e com os amores se modificaram com a forma cada vez mais superficial que as coisas se manifestam hoje em dia. Seguindo a linha do “Teatros do Real”, todas as cenas são construídas a partir de histórias reais, inclusive dos próprios integrantes do grupo.

A partir disso o grupo desenvolveu a “Mostra Inútil”, primeiro em agosto desse ano e agora na segunda edição de dezembro, que é uma espécie de compartilhamento de processo com o público. “Nessa segunda edição, ao invés de quatro trabalhos como da primeira vez, o grupo consolidou os passos dados na pesquisa até aqui nesse único solo”, explica Taciano.

* Com informações da assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.