Publicidade
Entretenimento
Buzz

Ator americano Ashton Kutcher lança campanha por fraldários em banheiros masculinos

Para o astro de Hollywood, não faz o mínimo sentido achar que somente mulheres devem cuidar dos filhos. No Brasil, as mães são as únicas que conseguem trocar a fralda de seus bebês quando estão em locais públicos 31/03/2015 às 12:13
Show 1
Até o momento, a petição iniciada por Ashton Kutcher já conta com mais de 95 mil assinaturas
acritica.com ---

O pai não pode, deve, trocar a fralda do próprio filho (a)? Isso é papel cabível só da mãe?

Pensando nessa questão que o ator americano Ashton Kutcher, pai de uma bebê de seis meses com a também atriz Mila Kunis, lançou uma petição online no site da organização Change.org pedindo que banheiros públicos masculinos tenham fraldários.

A hashtag da campanha é #BeTheChange, "seja a mudança" em português.

Kutcher comenta sua própria experiência como pai de primeira viagem e demonstra-se frustrado com alguns serviços públicos.

“Por mais louco que pareça, muitas lojas não dão aos pais a opção de trocar a fralda de seus bebês”, escreveu o ator na página da Change.org . “Pais como eu querem participar igualmente nos cuidados com as crianças e a sociedade deve apoiar isto”.

Segundo o ator, estamos em 2015 e não faz o mínimo sentido achar que somente mulheres devem cuidar dos filhos. “Esta suposição é um estereótipo de gêneros e as empresas devem apoiar todos os pais que compram em suas lojas igualmente - não importa seu sexo”, ressaltou Kutcher.

Astro de Hollywood ainda mencionou duas grandes cadeias de lojas americanas – Target e Costco – para iniciar a campanha para que todo banheiro masculino ofereça espaços para troca de fraldas em suas lojas. Em resposta à sua solicitação, a relações públicas da Target afirmou que há mais de 25 anos a empresa disponibiliza fraldários nos banheiros masculinos.

Até o momento, a petição iniciada por Ashton Kutcher já conta com mais de 95 mil assinaturas. No Brasil, as mães são as únicas que conseguem trocar a fralda de seus bebês quando estão em locais públicos.  


Publicidade
Publicidade