Publicidade
Entretenimento
ENTREVISTA

Atriz Ana Barroso fala sobre 'Sara', personagem dela na novela 'Jesus'

A personagem interpretada pela atriz é sogra de Pedro de Cafarnaum e avó de Gabriela (Maitê Padilha) 01/10/2018 às 13:39 - Atualizado em 03/10/2018 às 08:33
Show bv0130 51r a10ed85f 7279 4cad b6f5 74e67f9b9bfb
Foto: Divulgação
Mayrlla Motta Manaus (AM)

No ar interpretando a viúva Sara na novela Jesus, a atriz Ana Barroso diz voltar para casa, após gravar cenas da trama, com a energia de sua personagem, uma mulher de muita fé. Recentemente foi exibida a cena em que Sara foi milagrosamente curada por Jesus (Dudu Azevedo), após estar à beira da morte. A atriz relata que esse momento de transformação de sua personagem foi “lindo”.

A personagem interpretada pela atriz é sogra de Pedro de Cafarnaum e avó de Gabriela (Maitê Padilha). Ana relata ter aprendido bastante com Sara, tanto no âmbito profissional como pessoal. “Sara é uma personagem totalmente do bem, tem uma generosidade imensa, não vacila em ajudar o próximo e acompanha a trajetória de Jesus confiante de que ele é o Messias. Faz parte da família de Simão Pedro, pescadores, gente simples que enfrenta a pobreza e a opressão dos Romanos. Como atriz não consigo ficar imune a essa onda de amor. A energia da personagem volta pra casa comigo, ainda bem!”, disse.

Linguaguem novaNascida em 1963, Ana iniciou sua formação em 1978 no Teatro Tablado onde participou de várias montagens. De lá para cá, participou de alguns trabalhos na teledramaturgia como “Verdades Secretas”, de Walcyr Carrasco, em 2016 de “Terra Prometida”, em 2017 de “O Outro Lado do Paraíso” e atualmente em “Jesus”.

“Profissionalmente também tem sido um aprendizado diário, com tantos anos de carreira no teatro, a TV ainda é uma linguagem nova pra mim, não faço com o “pé nas costas” (risos). Tenho a sorte de estar cercada por colegas maravilhosos e uma equipe super competente que me salva quando eu fico meio perdida, sem saber onde está a câmera, onde me posicionar, como entender esse sistema de gravar inúmeras cenas por dia e estar disponível para as viradas na história. Enfim, acho que a TV chegou na minha vida pra ficar, é o que eu espero porque estou amando essa loucura!”, afirma Barroso.

‘Acredito no poder de transformação’

Com ‘Jesus’ esta é a segunda interpretação dela em novelas bíblicas. Ela cita algumas características e curiosidades em dar vida à personagens nessa temática. “São personagens de uma história universal, que fazem parte do imaginário, independente de ser da religião cristã. A bíblia é um livro riquíssimo de belas histórias de lutas, de superação, de amor, e até de fantasia. Há um lado histórico mesmo, de pesquisar aquela época, seus costumes, é legal embarcar nesse estudo e colher dados para a composição de personagens que saem da modernidade, de um cotidiano urbano em que estamos acostumados”, aponta Ana.

Assim como sua personagem, Ana se considera uma mulher de fé e acredita no ‘poder de transformação do homem’. “Está tudo muito difícil, estamos vivendo um retrocesso terrível em todos os sentidos. A gente brinca no teatro, que no final as coisas dão certo por causa do Departamento de Milagres, que acaba funcionando, mas se não é a gente ali na batalha, não funciona nada, e pra batalhar a gente precisa acreditar, ter fé. Sou uma otimista, as coisas vão melhorar, é uma questão de tempo, e nós vamos operar esse milagre”, finaliza.

Publicidade
Publicidade