Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
cinema

'Aves de Rapina' estreia nesta quinta (6) sob a expectativa de amazonenses

Primeiro lançamento da série de filmes de 2020 que pretende apostar na perspectiva das mulheres, o longa traz de volta a anti-heroína Arlequina interpretada pela atriz Margot Robbie



Capturar_2_A9FC5013-B15A-4510-9442-810B28D58791.JPG O longa-metragem tem gerado cada vez mais expectativa entre os fãs, especialmente entre o público feminino.
06/02/2020 às 17:28

Arlequina, Caçadora, Canário Negro, Renee Montoya e Cassandra Cain invadem as telas dos cinemas a partir de hoje (06), com a estreia de “Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa” (Birds of Prey). Após elogios em premiere mexicana e em evento em Londres (Inglaterra), o longa-metragem tem gerado cada vez mais expectativa entre os fãs, especialmente entre o público feminino.

Primeiro lançamento da série de filmes de 2020 que pretende apostar na perspectiva das mulheres, o longa traz de volta a anti-heroína Arlequina interpretada pela atriz Margot Robbie, que ‘debutou’ nas telonas com a personagem em 2016, no filme Esquadrão Suicida (Suicide Squad). Em “Aves de Rapina”, a ex-psiquiatra – originalmente nominada de Harleen Frances Quinzel e mais conhecida como Harley Quinn – vive a superação do término de seu relacionamento com Coringa, o vilão mais popular das histórias de Batman.



A anti-heroína encontra a “emancipação” junto ao grupo de apoio formado pelas “Birds of Prey” ou, conforme a tradução, “Aves de Rapina”. Conforme a sinopse oficial divulgada pela Warner no ano passado, o grupo se encontrará por conta da confusão criada em Gotham quando Roman Sionis (Ewan McGregor) coloca seus homens atrás de Cassandra Cain (Ella Jay Basco).

Essa reunião de heroínas – ou nem tanto – da editora DC Comics é bastante aguardada pelos amantes do gênero, como o caso da escritora de quadrinhos e de literatura Carol Peace.

A quadrinista conta que está ainda mais entusiasmada por ser o ‘pontapé’ da lista de filmes planejados para este ano que abordarão a força das mulheres, aumentando o protagonismo feminino em adaptações de quadrinhos e filmes de super-heróis. “A minha animação com ‘Aves de Rapina’, na verdade, é uma animação que se estende a todos os filmes de super-heroínas e heroínas previstos para este ano. Passamos dez anos de Marvel sem nenhum filme solo feminino e com pouca representação no geral. E, mesmo no universo da DC, que começou esta onda com Mulher Maravilha, tivemos apenas a personagem [no longa] como representação. No filme das ‘Aves de Rapina’, basicamente o elenco todo é de mulheres, e mulheres poderosas. Apesar da Arlequina vir de características mais vilanescas, temos várias personagens que são realmente heroínas, como a Renee Montoya e a Canário Negro”, especifica.

Carol também elogia a diversidade do elenco, que conta com a presença de atrizes latinas, afro-americanas e com ascendência asiatica. “Finalmente teremos a oportunidade das mulheres serem representadas de forma diversa como elas são”, pontua.

Poder 

A escritora faz parte do Coletivo “MáTinta”, um grupo de mulheres que produz quadrinhos em Manaus e conta com 35 participantes, todas no aguardo da estreia do longa-metragem. Dentre essas integrantes, está a produtora cultural e ilustradora Sarah Gabriela Farias.

“Estamos todas ansiosas com o novo filme, principalmente pelo fato de que a personagem [Arlequina] vai ser tratada de forma diferente [da sua primeira aparição], não mais como um mero acessório. No filme anterior, ela aparecia mais como um objetivo decorativo, para chamar atenção de um certo grupo”, destaca.

Em “Aves de Rapina”, Arlequina se desvincula da dependência emocional pelo ex-amado e, consequentemente, se torna protagonista da própria história. Não à toa, é ela quem faz a narração do filme. Essa mudança no comportamento da anti-heroína parece ter gerado bons frutos, já que o filme estreou no Rotten Tomatoes (website americano, agregador de críticas de cinema e televisão) com 91% de aprovação da crítica - 53 textos foram escritos até o momento.

Para quem também deseja dar sua opinião sobre o filme, as primeiras sessões do longa-metragem em solo amazonense iniciam a partir de 20h.

Saiba Mais

Easter Egg - Entre os sites de cinema, já consta o aviso para os fãs: embora o filme estrelado por Margot Robbie tenha quebrado a tradição de produções de super-herói por não apresentar nenhuma cena pós-créditos, quem ficar até o final da sessão vai ter uma surpresinha sonora. Ao que tudo indica, há um easter-egg divertido para os amantes do universo de heróis da DC.

Parte do Elenco:

Harleen Quinzel / Arlequina:

Margot Robbie

Helena Bertinelli / Caçadora:

Mary Elizabeth Winstead

Dinah Lance / Canário Negro:

Jurnee Smollett-Bell

Renee Montoya:

Rosie Perez

Cassandra Cain:

Ella Jay Basco

Roman Sionis / Máscara Negra

Ewan McGregor

Victor Zsasz

Chris Messina

Maria Bertinelli

Charlene Amoia

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.