Publicidade
Entretenimento
Vida

Banda Vanguart apresenta a turnê “Muito mais que amor” em Manaus

Hélio Flanders, vocalista e principal compositor da banda, falou da expectativa para tocar pela primeira vez na cidade 23/10/2013 às 08:41
Show 1
A banda de folk rock apresenta a turnê do terceiro disco em Manaus
Rafael Seixas ---

A Vanguart vai falar de amor aqui em Manaus. A banda de folk rock apresenta a turnê do terceiro disco, intitulado “Muito mais que amor”, lançado recentemente, no dia 25 de outubro, no All Night Pub. O que vai além do amor? Esta pergunta predominou na entrevista concedida por Hélio Flanders, vocalista e principal compositor da banda.

E, ao ser questionado se o novo álbum mostra muito mais que amor, Flanders responde: “Depende, o que é mais que o amor? O nome do CD não deixa de ser uma pergunta. O que pode ser maior que o amor? Acho que é uma questão que cada um pode responder de um jeito. Para a gente (da banda) são sentimentos tão fortes quanto o amor, a amizade e a fé. O nome também não deixa de ser uma dica, porque teoricamente o disco fala de amor”, disse o vocalista.

Músicas Esses versos tão profundos estão presentes em canções como “Estive”, “Demorou pra ser”, “Eu sei onde você está”, “Meu sol” e “A escalada das montanhas de mim mesmo”. Da sua inspiração para compor, ele explicou que são fatos que acontecem no seu cotidiano, mas que nem sempre são contados de uma maneira exata.

“São vários casos. São coisas que acontecem comigo, no meu meio, são mesclas de histórias que acontecem, porém, como um pescador, contador de história, posso não ser fiel. Assim você pode fazer a história ficar mais interessante. É legal não ser totalmente biográfica, porque nunca irão saber se aconteceu comigo ou não (risos)”.

Sons da terra Estar pela primeira vez em Manaus é algo que deixa Flanders bastante ansioso, afinal já viajaram o Brasil inteiro, mas nunca passaram pela cidade. “Temos aquela mítica da cidade. Estamos ansiosos para conhecer, já rodamos o Brasil inteiro, então quando rola um lugar que não fomos rola um sentimento de ansiedade maior, vontade de chegar logo e conhecer o lugar”, declarou o músico, que conhece o trabalho das bandas locais Mezatrio e Alaídenegão.

“Acho essas duas bandas bem legais. A Mezatrio nós conhecemos há bem mais tempo. Lembro da gente tocando juntos em Belém. Na Alaídenegão, tenho um amigo que já tocou, que é o Vinicius Goes, meu amigo de infância, e foi ele quem me apresentou o som. Fiquei muito impressionado”.

Pedidos Aos fãs, ele promete fazer um show totalmente especial e espera que gostem de conhecê-los pessoalmente. “Estamos muitos empolgados de tocar no evento. Fui até no Facebook, na página do evento, e perguntei que músicas não podiam faltar, mas é claro que não tem como atender todos os pedidos. Espero que eles gostem do show e de nos conhecer”.

Publicidade
Publicidade