Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Vida

Beleza sob as batas: Quando os jalecos e o estilo se encontram

Mesmo com uniforme obrigatório, profissionais de saúde e estética buscam incrementar o visual com estilo e elegância na maneira de se arrumar


24/11/2014 às 09:25

Naturalmente vaidosas, as mulheres sempre arranjam um jeito de estarem belas em qualquer situação. E hoje, muitas provam que o ambiente profissional pode combinar muito bem com um bom look, sem ferir as regras do local de trabalho e sem parecer vulgar. E para quem trabalha nas áreas de saúde e estética, que o diga do desafio diário de incrementar os tradicionais jalecos brancos com acessórios, makes e outros itens. Desafio esse muito bem aceito e vencido pelas mulheres relatadas nessa reportagem. Confira:

A cirurgiã-dentista Kathleen Rebêlo, 48, procura estar sempre maquiada e com os cabelos arrumados, até para facilitar a colocação do gorro que faz parte dos equipamentos de proteção individuais usados por ela no consultório. “Adoro brincos grandes, mas não costumo usar colares e anéis porque temos que estar sem acessórios durante o atendimento, por conta da biossegurança. Mas estou sempre de calças compridas, salto alto de vez em quando e gosto muito de blusas de tecido leve e com mangas compridas”, afirma ela.

Aliar beleza ao resguardo exigido pelo uniforme profissional é o que faz a esteticista Fabíola Coutinho, 19. Em vez de chamar a atenção na vestimenta (que sempre envolve o jaleco) ela concentra todas as forças para estar com um rosto impecável. “Normalmente eu uso brincos e pulseiras, mas não colares. Como na clínica eu também atendo homens, prezo sempre por roupas mais recatadas. Mas no rosto uso desde o primer até a marcação de olhar. Uso sempre sombras mais neutras, como um marrom opaco e busco evitar o tom preto nos olhos. É importante estar bonita, mas sempre com muito respeito”, pondera Coutinho.

Leveza

A médica dermatologista Montaha Jasserrand acredita que, por trabalhar cuidando da imagem, saúde e qualidade de vida das pessoas, precisa também cuidar de si mesma. “Mesmo com a bata (item obrigatório) eu não deixo de estar com um look fashion ou de acordo com meu estilo. Estou sempre com brinco, colares e acessórios exclusivos. Acho importante a mulher não abrir mão da vaidade, mesmo no trabalho. Busco utilizar looks confortáveis e ao mesmo tempo sofisticados no dia a dia, mas sem deixar de lado em nenhum momento o meu estilo pessoal. Gosto de peças modernas, que valorizem o meu tipo físico”, destaca.

A odontopediatra Micaella Garcia gosta de mesclar a beleza e o conforto no que usa. “Mesmo usando a bata tradicional, gosto de me vestir bem à vontade, confortável, com calças compridas, jeans e camisa, roupas leves para o nosso clima”, afirma. Garcia confessa não usar maquiagem no dia a dia, mas tem os seus segredos na manga. “O que passo no meu rosto é um bom hidratante/sérum da linha Précion /Chanel e um protetor solar da Heliocare Max de feuse FPS 90 (gel). Um para hidratar e o outro para proteger da luz do refletor”, comenta a profissional, confessando que não consegue mesmo é ficar sem um par de brincos.

publicidade

Uma grife para a classe


Observando o estilo e bom gosto de suas clientes profissionais de saúde, a estilista Gigi Cunha resolveu criar a marca Gigi For Doctors, que oferecerá batas e jalecos customizados em pedrarias e rendas finas. “A peça, além de ser bordada artesanalmente, receberá todos os cuidados técnicos correlacionados à saúde e higiene necessárias para quem usá-las”, coloca Gigi.


A produção das peças será trabalhada no interior do Ceará, sob a luxuosa renda Renascença, buscando um tecido com fios, cores e desenhos para conferir um ar sofisticado à bata. “Faremos opções para combinar com o casual, o chic e profissional. Teremos peças para os mais variados setores da medicina e odontologia, e também para os universitários e enfermeiros que tem a preocupação em estar bem vestidos para exercer com destreza seu ofício”, encerra a estilista.

Confira galeria aqui: http://bit.ly/1AC6VDq

publicidade
publicidade
Amazonas está há dois dias sem registrar casos de gripe H1N1
Preço da gasolina cai em Manaus após instalação da CPI dos Combustíveis
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.