Sábado, 14 de Dezembro de 2019
GOURMET

Blogueiro ensina como transformar simples acompanhamentos em pratos principais

Dono da página 'Tempero Alternativo', André Fronza cria receitas com ingredientes considerados 'coadjuvantes' na gastronomia



GOURMET_ALTERNATIVO.jpg Inclusão da carne de porco na feijoada se torna desnecessária em receita, na qual o feijão de volta a ser destaque
23/04/2017 às 05:00

Que tal ter cebola, repolho, feijão ou mandioquinha como carro-chefe de uma refeição? Esses ingredientes comumente tratados como “coadjuvantes” são alguns dos protagonistas das receitas do autor do blog vegano “Tempero Alternativo”, de André Fronza, 23. Em maio, ele lançará um livro homônimo, com pratos repaginados e criações próprias para mostrar que, sim, é possível transformar acompanhamentos em pratos principais.

“Surpreendo muito nesse sentido. Publiquei uma receita de torta de repolho no blog e muitos ficaram surpresos, porque peguei ingredientes que dificilmente seriam colocados em uma torta. Fiz uma releitura, com inovação do espaço do repolho. Geralmente, é um ingrediente que fica em segundo plano. Gosto de fazer essas trocas para acabar com essa ‘hierarquia da comida’, de qual deve ser o ingrediente principal”, diz.



Natural de Santa Catarina, o designer gráfico decidiu se aventurar na arte culinária há pouco mais de dois anos, quando se mudou para São Paulo. Vegetariano por convicção, ele teve que aprender “a se virar” longe da família, fazendo a própria comida. E o que era uma questão de sobrevivência se tornou um hobby e, em seguida, uma página na Internet. O sucesso inesperado, então, resultou na publicação.

“Fui aprendendo e meus amigos iam experimentando, querendo saber como eu fazia, quais eram os ingredientes... Eu não seguia receita, inventava com o que tinha em casa. Acho que a melhor escola é ir para a cozinha tentar, ler e pesquisar”, afirma Fronza, ao enfatizar que poucas pessoas têm ousadia de inovar nos pratos. “Os blogs e programas de culinária estão começando a provocar essa mudança na forma de cozinhar”, completa.

Alternativas em livro

Como diz o próprio nome do blog e do livro, “Tempero Alternativo”, a proposta do catarinense é oferecer uma gastronomia alternativa, saudável e acessível. E, tanto na versão online, quanto na física — esta com mais de 50 receitas —, os leitores encontrarão as seguintes seções: café da manhã; entradas e acompanhamentos; pratos principais; sobremesas; lanches; bebidas; e sem glúten.

“Não gosto muito dessas divisões, mas é para organização. Acho que um prato de café da manhã pode ser um mini almoço, sem problemas”, declara, ao ressaltar a facilidade de seguir as sugestões, mesmo sem ser adepto do veganismo. “É uma culinária vegana, mas acessível, focada em ingredientes fáceis de encontrar, comuns em qualquer lugar do Brasil. Não precisa ser vegano para se identificar com as receitas”, finaliza.  

As receitas do livro “Tempero Alternativo” são diferentes das disponíveis no blog. A publicação traz conteúdo digital extra, com QR codes em algumas páginas que levam a novas opções do prato, ou GIFs animados.

FEIJOADA VEGANA

INGREDIENTES

1 colher (sopa) de azeite de oliva

2 dentes de alho picados (10 g)

1/3 de xícara de cebola cortada em cubinhos (50 g)

¼ de xícara de pimentão cortado em tiras (40 g)

3 cogumelos shiitake grandes (70 g)

1 colher (chá) de sal (5 g)

½ colher (chá) de páprica defumada (2 g)

3 xícaras de feijão-preto, carioca ou vermelho cozido com caldo (750 g)

1 xícara de água filtrada

MODO DE PREPARO

1 Aqueça o azeite em uma panela grande. Adicione o alho, a cebola e o pimentão e refogue até dourar.

2 Acrescente os cogumelos picados grosseiramente, o sal e a páprica defumada. Misture bem e salteie em fogo baixo por cerca de 2 minutos, mexendo sem parar para não queimar.

3 Adicione o feijão e a água. Misture tudo e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos a partir do momento em que começar a borbulhar, ou até o caldo apurar e engrossar um pouco. Tampe parcialmente a panela para não respingar.

4 Desligue o fogo e experimente. Ajuste os temperos, se necessário.

Se preferir o caldo de feijão mais grosso, dissolva 1 colher (sopa) de polvilho doce ou fécula de batata em 1 colher (sopa) de água filtrada. Adicione lentamente ao feijão, mexendo enquanto cozinha.

Atenção: a páprica defumada é o segredo do sabor, por isso, não pense em substituí-la ou deixá-la de lado.

TORTA DE CEBOLA CARAMELIZADA

INGREDIENTES DA MASSA SALGADA

1½ xícara de farinha de grão-de-bico (220 g)

½ colher (chá) de sal (3 g)

3 colheres (sopa) de óleo vegetal

½ xícara de água filtrada

MODO DE FAZER

1 Pré-aqueça o forno 180 °C.

2 Em um recipiente, misture a farinha e o sal. Faça uma cova no centro da farinha e despeje o óleo e a água, mexendo sempre, para incorporar os ingredientes sem formar grumos. Misture até obter uma massa lisa e homogênea.

3 Unte uma fôrma redonda de fundo removível (23 cm de diâmetro) com óleo (caso não seja antiaderente) e espalhe a massa até cobrir todo o fundo e a lateral. Faça pequenos furos na base com um garfo para não formar bolhas de ar.

4 Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 15 minutos.

5 Retire do forno.

INGREDIENTES DA COBERTURA

10 cebolas médias (1,3 kg)

3 colheres (sopa) de azeite de oliva

1 colher (chá) de sal (5 g)

¼ de xícara de vinho branco seco

1 base de massa de torta salgada

MODO DE FAZER

1 Descasque as cebolas e corte ao meio no sentido do comprimento. Corte os pedaços em meias-luas finas.

2 Aqueça o azeite em uma panela grande. Adicione as cebolas, tempere com sal e refogue durante 30 minutos ou até caramelizar, mexendo frequentemente para não queimarem. Depois de 15 minutos, adicione o vinho branco e termine de refogar.

3 Transfira as cebolas caramelizadas para a base de massa já assada. Cubra toda a massa e nivele as cebolas com uma colher. Não precisa levar a torta ao forno novamente. Sirva quente.

NHOQUE DE MANDIOQUINHA

INGREDIENTES

6 mandioquinhas pequenas (500 g)

2 colheres (chá) de sal (10 g)

pimenta-do-reino a gosto

2 colheres (sopa) de azeite de oliva

½ xícara de fécula de batata (70 g) + um pouco para moldar

MODO DE PREPARO

1 Descasque e corte em pedaços as mandioquinhas. Transfira para uma panela e cubra com água. Leve ao fogo e cozinhe até ficarem macias.

2 Escorra a água do cozimento e coloque a mandioquinha em uma tigela. Esprema com um garfo enquanto ainda está quente, até formar um purê liso.

3 Deixe esfriar por completo para o excesso de água evaporar. Para acelerar essa etapa, você pode espalhar o purê sobre um recipiente grande.

4 Adicione metade do sal, a pimenta do reino, o azeite de oliva e a fécula de batata. Misture tudo até obter uma bola de massa homogênea que não grude nas mãos. Se necessário, adicione mais fécula de batata.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.