Publicidade
Entretenimento
Vida

Boi Garantido abre as apresentações do 48º Festival Folclorico de Parintins (AM)

Ordem das apresentações foi definido na manhã deste domingo (23), em praça Pública de Parintins 23/06/2013 às 13:48
Show 1
A ordem das apresentações foi definida na presença de representantes dos dois bois
Jony Clay Borges Parintins

O Garantido foi designado para abrir as duas primeiras noites do 48º Festival Folclórico de Parintins, na próxima sexta-feira (28) e sábado (29); enquanto o Caprichoso ficou responsável pela abertura das apresentações da última noite, no dia 30, domingo. A ordem das apresentações dos bois-bumbás foi definida na manhã deste domingo (23), na Praça da Liberdade, por meio de sorteio com a participação de representantes das duas associações folclóricas e do prefeito do município, Alexandre da Carbrás.

A definição da ordem foi feita por meio do seguinte processo: os representante sorteavam um número cada, e o dono da maior pedra ganhava o direito de escolher a ordem de apresentação de uma noite. O procedimento era repetido para cada noite de apresentação. Os representantes no sorteio foram Telo Pinto, presidente do Garantido, pelo bumbá vermelho, e Sérgio Viana, procurador do Caprichoso em Manaus, pelo azul.

No sorteio da primeira noite, Telo Pinto tirou a pedra maior e decidiu que o Garantido faria a abertura do Festival. Consequentemente, o Caprichoso ficou com o encerramento da noite. Pinto também se saiu melhor no sorteio do segundo dia, e novamente escolheu abrir as apresentações, seguido do Caprichoso. Na extração para a terceira e última noite, Viana tirou a pedra maior, e decidiu que o Caprichoso faria a abertura das apresentações, seguido do Garantido.

O resultado agradou a Pinto e aos torcedores presentes, que aplaudiram a definição de cada noite. Entre os torcedores do Garantido, existe a crença de que fazer a abertura e o encerramento é sinônimo de vitória no Festival.

“Era isso que a direção perseguia. E, nas correntes e nas redes sociais, existia o pedido de que a gente abrisse e fechasse o Festival, e graças a Deus foi o que aconteceu”, declarou o presidente do Vermelho. Ele antecipou que o bumbá está apostando tudo na disputa pelo título do centenário. “O Garantido está pronto, um boi inovador, fantástico, um boi para ser campeão no seu Centenário. Nossos artistas fizeram um trabalho diferenciado nesses três meses e meio, voltado em trazer o que há de melhor”.


A ordem final também pareceu agradar à direção do Caprichoso e aos torcedores azuis. “Foi dentro do que o Conselho de Artes nos orientou. Apesar da confusão e eu questionar (o sorteio da primeira noite), porque não vi o número na pedra”, declarou Viana, mencionando a reclamação que fez durante o primeiro sorteio de que o número não estava visível na pedra. Da Carbrás, porém, afirmou queera possível ver os símbolos ‘B04’, e decidiu manter o sorteio. O Garantido venceu com a pedra G50.

A despeito da confusão, Viana gostou da tabela final de apresentações. “Ficamos satisfeitos porque foi o que determinou o Conselho de Artes. E foi praticamente o mesmo sorteio do ano passado”, acrescentou, numa referência à vitória do Caprichoso na última edição do Festival. Ele ainda adiantou que o bumbá está pronto para a arena: “Amanhã (segunda-feira) já começamos a trazer as alegorias para a rua”.

Na praça

O sorteio da ordem das apresentações foi feito pela primeira vez na Praça da Liberdade, a pedido do prefeito Alexandre da Carbrás, que tem uma ligação afetiva com o logradouro. Isso porque a praça foi entregue à cidade na administração de seu pai, Carlinhos da Carbrás, que faleceu poucos dias antes da eleição de Alexandre para a Prefeitura, no ano passado.

Em seu primeiro ano de mandato, Da Carbrás disse estar “muito feliz e honrado, ainda mais por se tratar do ano do Centenário dos dois bois”. “Tenho certeza de que esse já é o maior festival folclórico de todos os tempos”, declarou ele.

Publicidade
Publicidade