Domingo, 26 de Maio de 2019
Vida

Cacos sob nova ótica: Marcio Abreu dirige a companhia

Renomado diretor carioca está desenvolvendo um trabalho em parceria com a companhia amazonense para este ano



1.jpg
Treinos e experimentações. A Cacos está se reunindo com Marcio Abreu na unidade do Sesc / Copacabana
19/01/2013 às 21:49

A Cacos, quando iniciou suas atividades sofreu duras críticas da classe teatral local, devido à sua proposta ousada e diferente, que explora o corpo como objeto de estudo. O grupo de teatro amazonense é aquele do cenário local que mais circula no País e no exterior. A nova conquista da companhia é que ela terá um espetáculo, intitulado “Educação para morte” (título provisório), dirigido por Marcio Abreu, renomado diretor carioca que já ganhou importantes prêmios do teatro nacional. Ele é diretor do badalado espetáculo “Esta criança”, protagonizado pela atriz Renata Sorrah.

Alguns dos integrantes da Cacos se encontram na cidade do Rio de Janeiro participando do processo de montagem do novo espetáculo, que consiste em reuniões, abordagens metodológicas, estudo de mesa, discussões, zonas de contato, entre outros, tudo isso acompanhado da ótica de Marcio Abreu. As reuniões estão ocorrendo na unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc/Copacabana).

“A Cacos apresentou o seu trabalho ‘Trans’ e o Marcio Abreu assistiu. Essa apresentação aconteceu em outubro de 2011. A partir daí, ele manifestou profundo interesse em trabalhar conosco, assim como a companhia demonstrou o mesmo interesse. Fomos conversando durante o final de 2011 e todo o ano de 2012. Foram várias reuniões (videoconferências, telefonemas e e-mails). Tentamos criar espaços nas agendas, tanto da Cia, quanto do Marcio, para efetivar essa parceria”, contou Dyego Monnzaho, um dos integrantes da Cacos.

Parceria

Essa é a primeira vez que o grupo convida um diretor para realizar a coordenação de uma de suas montagens. Sobre a nova empreitada, Monnzaho adiantou: “Será bem diferente dos (espetáculos) anteriores, afinal é uma marca nossa procurar sempre nos colocar no risco e criar trabalhos que não sejam repetições. Buscamos novas fórmulas, novas tentativas de organizar um produto cênico”.

Ainda sobre o novo trabalho, o também coordenador geral do Festival Breves Cenas de Teatro explicou que a companhia pretende trabalhar com a dramaturgia, com a palavra, elemento que abandonaram – por opção – nas últimas produções. “O corpo e o risco continuam sendo os objetos de pesquisa. É a identidade do nosso trabalho, então isso deverá aparecer de alguma maneira neste trabalho, ou não”.

Início

De acordo com Francis Madson, integrante da Cacos, o processo de desenvolvimento de “Educação para morte” ainda está na fase embrionária. “Estamos abertos às informações, às proposições e às convocações de estratégias para criar um campo de criação próprio que encontre formas de diálogos entre a companhia e o diretor”, destacou.

“Para nós está sendo muito interessante entrar em contato com o trabalho em dramaturgia empregado pelo Marcio e, também, pelo Fabiano de Freitas (assistente de direção). Essa maneira de trabalhar e criar a partir de estudos em dramaturgias colaborativas é o principal ganho da Cacos. Isso afetará consideravelmente nossas próximas criações”, complementou Monnzaho. “Educação para morte” tem previsão de estreia para setembro de 2013, em três cidades brasileiras – Manaus, Rio de Janeiro e Porto Velho.

Circulação pelo País

Depois de realizar em 2012 uma turnê por dez cidades brasileiras e cinco países da América Latina, a Cia Cacos irá cumprir uma agenda de apresentações, oficinas, vivências e debates que irão contemplar mais de 20 cidades brasileiras, entre capitais e municípios. A companhia viaja esse ano para dez cidades/Estados do País por meio do projeto Sesc Amazônia das Artes, com o espetáculo “Mãe in loco” (maio e agosto) – solo de Carol Santa Ana.

Além disso, o espetáculo “A cruz e moça” – do coreógrafo Ricardo Risuenho – também vai passar por 13 cidades/Estados em junho de 2013, por meio do prêmio Klauss Vianna/2012 Funarte. A Cacos também está fechando algumas participações em grandes eventos e temporadas em outros Estados.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.