Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
1.gif
publicidade
publicidade

Vida

Campanha em comemoração ao Dia Mundial do Livro ‘esquece tesouros’ em locais públicos

Baseada na ideia de que livro bom é livro aberto, a iniciativa convoca as pessoas a tirar da estante livros já lidos e “esquecê-los” num lugar qualquer


27/04/2013 às 11:12

Não se espante se você observar um ou mais livros deixados pelas ruas, praças e outros espaços públicos, todos contendo marcadores que dizem em grandes letras: “Leve Este Livro”. Trata-se de uma campanha em comemoração pelo Dia Mundial do Livro, celebrado em 23 de abril, promovida em Manaus e diversas outras cidades brasileiras pelos integrantes do projeto Imagina na Copa. Baseada na ideia de que livro bom é livro aberto, a iniciativa convoca as pessoas a tirar da estante livros já lidos e “esquecê-los” num lugar qualquer para serem achados – e adotados – por outros leitores.

A ação lítero-voluntária foi lançada em Manaus no último dia 20, por meio do Facebook, e até o final da tarde desta sexta-feira (26) já tinha 117 adeptos (e mais 38 indecisos). Gente como a internauta Gabriela de Oliveira Nascimento, que se desfez – a certo custo – de seu exemplar de “A hora da estrela”.

“É o meu livro favorito”, escreveu ela num post com a “foto de despedida” da obra. “Esse livro me inspirou a começar a escrever, e eu espero que sirva de inspiração para outra pessoa também. Vamos todos participar? Espalhando livros, aventuras e sonhos”, convida.

Desapego e difusão

Com foco no público jovem, a Leve Este Livro estimula as pessoas a tomar parte no processo de promoção cultural. “É uma iniciativa importante, porque com ela promovemos a difusão da cultura. As pessoas vão ter mais acessibilidade à leitura e aos livros, e atentam para a questão de cada um fazer a sua parte”, explica Ives Afonso Montefusco, organizador da ação ao lado de Laís Athayde, Karla Pereira e Mayara Nathália.

Montefusco também dá exemplo, e já “esqueceu” o clássico “A moreninha” numa praça pública. “É uma sensação boa, de um esforço pequeno para se conseguir algo muito maior”, declara o capitão do Imagina, que ainda pretende “esquecer” outros dois livros, entre eles “O pequeno príncipe”. “Foi um livro que transformou minha vida desde criança”.

A Leve Este Livro alcança mais de 15 cidades no País, e seu sucesso em Manaus já leva os organizadores a estender a ação. “Ela encerra dia 28 (amanhã), mas creio que devemos estender até 5 de maio. Seria interessante se fosse algo permanente”, afirma Montefusco, animado na perspectiva de outras iniciativas futuras. “Temos visto muita foto de gente no Facebook participando, tem sido bastante positivo. Estamos com boa expectiva com relação às outras missões”, declara.

Voltando ao início: se você encontrar um dos livros da campanha por aí e se interessar em ler, não se acanhe: pode levar!

publicidade
publicidade
Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Bolsonaro
Greve dos professores será marcada por protestos em Manaus nesta segunda (22)
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.