Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Vida

Cantor amazonense Rafael Marques divulga seu 1º álbum solo em São Paulo

O álbum que possui nove faixas, onde parte das composições foi inspirada na banda The Beatles, será divulgado a partir desta semana na capital paulista



1.gif Álbum de estreia de Rafael tem nove faixas autorais
27/10/2014 às 13:15

O trabalho solo “Nada vai mudar” do cantor e compositor amazonense Rafael Marques, lançado este ano, será divulgado a partir desta semana em São Paulo. O álbum possui nove faixas e parte das composições foi inspirada na banda The Beatles.

“A banda falava muito de amor e isso me inspira. Eu tenho certeza que o maior dos sentimentos é o amor. O engraçado é que eu não era fã dos Beatles. Meu pai um dia me mostrou a música Yelow Submarine, e, eu não gostei. A admiração só veio quando eu assisti um show de uma banda cover de São Paulo, aqui em Manaus. A partir daquele dia tudo mudou”, relembra o músico, que viaja nesta terça para a capital paulista.

As faixas foram gravadas em Boa Vista, Roraima, no Estúdio 14 Volume, com o produtor musical Fabrício Cadela. Todas foram compostas por ele e seguem as influências dos anos 80, do rock clássico, folk, brit rock, pop rock, indie rock e de bandas como: Coldplay, Tears for Fears, Oasis.

“Eu amo a música, eu sinto a música e sempre consigo tirar algo do que eu escuto para poder compor”, ressaltou o compositor.

Entre as músicas de trabalho, a mais tocada nas rádios leva o nome do CD “Nada vai mudar”. Mas “A distância”, “Sintonia” e até a composição em inglês “Nothingness”, foram bem aceitas pelo público e devem ser as apostas durante a divulgação em São Paulo.

“Tenho alguns contatos na capital paulista. Devo permanecer por lá até o fim de novembro, depois sairei de férias com a família e retorno a Manaus para as festas de fim de ano. Em janeiro, partirei novamente para Sampa”, revelou.

Trajetória Musical

Rafael Adão Marques nasceu em Manaus, no dia 26 de maio de 1989. Desde a infância é fã de música clássica e apaixonado por piano. Aos 14 anos começou a estudar teclado e violão.

Há sete anos, criou a banda Black Mersey, que está em sua sexta formação. Entre os momentos que marcaram a trajetória do grupo, a apresentação há um mês no Teatro Amazonas, com o show cover dos The Beatles. “Teatro completamente lotado. Foi um momento mágico, inesquecível”, relembrou o cantor e compositor.

Desde 2012, começou o trabalho de composição musical. Um ano depois nasceu o álbum “Nada vai mudar”, lançado este ano em Manaus.

A partir de novembro começa um novo desafio na vida do cantor e compositor, o trabalho solo será divulgado em São Paulo.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.