Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
Buzz

Cantor Belo é investigado por suposto crime de estelionato

Por meio de sua assessoria, Belo afirmou que jamais esteve envolvido diretamente em suposto crime



1.jpg Belo
21/08/2013 às 11:00

De acordo com o Portal Terra, nesta terça-feira (20), a Polícia Civil do Piauí informou que poderia pedir a prisão do cantor Belo por suposto crime de estelionato. Segundo o delegado Ademar Canabrava, do 12º Distrito Policial, em Teresina (PI), sete pessoas foram denunciadas por possível prática de estelionato contra a empresa Poty, de táxi aéreo, na capital piauiense. Entre os denunciados está o cantor Belo, nome artístico de Marcelo Pires Vieira. 

Por meio de sua assessoria, Belo afirmou que jamais esteve envolvido diretamente em qualquer negociação envolvendo a contratação de empresa aérea para deslocamento, não tendo, inclusive, repassado nenhum cheque em seu nome.

Em comunicado, informou também que quem cuida de todos os preparativos do seu espetáculo, podendo exemplificar, desde o transporte, hospedagens, alimentação etc., é sua produção.

 A assessoria disse ainda que realmente o cantor se deslocou em aeronaves da empresa de táxi aéreo Poty, mas que é do conhecimento dele que o pagamento do percurso está sendo realizado, sob a égide de uma confissão de dívida.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.