Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
MÚSICA

Cantor paulista Hector Marks lança videoclipe da música 'Apelão'

O single marca a nova fase do artista que nasceu e cresceu no meio da música, dança e artes cênicas



19/08/2019 às 10:35

O cantor e compositor paulista, Hector Marks lança o single e o videoclipe de “Apelão” nesta segunda-feira (19), pelo selo Abats Music/Altafonte. O single marca a nova fase do artista que nasceu e cresceu no meio da música, dança e artes cênicas.  Com uma mistura boa de Reggaeton, Zouk e o swing brasileiro, o single “Apelão” tem uma levada envolvente que dá vontade de dançar. A faixa faz parte do EP “Red” que será lançado ainda este ano.

O material foi produzido por Walmir Borges, consagrado músico e produtor que já fez trabalhos com Paula Lima, Tony Garrido, Seu Jorge, Luan Santana, Exaltasamba, Alexandre Pires, Simoninha, entre tantos outros. O contrabaixo foi gravado por Robinho Tavares, que já tocou com nomes como: Gal Costa, Jorge Ben Jor e Sandy e Junior.

Hector Marks conseguiu reunir este time, porque cresceu em um ambiente artístico. Seu pai, o “Nelsão”, fez parte da primeira formação do grupo Negritude Júnior; a mãe, Tereza, grande apreciadora de música brasileira.

O single “Apelão” marca a nova fase de um artista que com apenas 25 anos já dividiu o palco com Thiaguinho, compôs um single em parceria com Bruninho e Davi, Pedrinho Pimenta (Atitude 67) e Fiuk, além de cantar na festa de lançamento do filme “Sextuplets”, estrelado pelo ator Marlon Wayans, realizada pela BVOLT.

Mais sobre Hector Marks

Aos seis anos de idade, Hector ganhou o Concurso de dança em Barueri, cidade onde nasceu, e foi parar no Programa Raul Gil, como cover infantil do cantor Alexandre Pires.  A identificação foi tanta que o jovem artista circulou pelo estado de São Paulo durante um ano com o líder do “Só pra Contrariar”: dançava e brincava com Alexandre Pires no palco. Com 11 anos, Hector decidiu estudar teatro. E foi durante uma peça musical na Escola E.I.T que Hector Marks resolveu deixar o curso de ator e ingressar na música.  Com 20 anos, gravou o primeiro EP com quatro faixas autorais, depois passou a integrar grupo FUN7, por onde permaneceu durante quatro anos, fazendo shows por todo o país. E, em 2019, Hector Marks sentiu que era uma nova fase e seguiu carreira solo.

*Com informações da assessoria de comunicação.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.