Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Cantor Silva traz a Manaus nesta sexta (14) a turnê ‘Brasileiro’, no Teatro Manauara

O show vai ocorrer a partir das 20h. 'Nunca fui a Manaus, esta vai ser minha primeira vez e espero que seja a primeira de muitas', disse 13/09/2018 às 14:14 - Atualizado em 14/09/2018 às 08:05
Show 1401214 3c7b0f0e 6cbf 4616 87f1 3ee9d8f15e95
Foto: Divulgação
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Ao ouvir o último disco do cantor Silva, intitulado “Brasileiro”, o ouvinte pode se sentir no Rio de Janeiro em meio ao violão e a bossa nova. Mas também se sente na Bahia, com as batidas afro que as músicas “A Cor É Rosa” e “Brasil Brasil” trazem. Cada pedaço do Brasil está bem vivo no projeto.

“Estou produzindo de um jeito mais brasileiro hoje porque é isso que mais me emociona agora”, declara ele, que nos seus discos anteriores expressava suas referências nos gêneros synthpop e rhythm & blues – embora a brasilidade jamais tenha sido esquecida por ele, em nenhum momento.

Silva se prepara para mostrar o seu trabalho de perto, pela primeira vez, em Manaus. O show vai acontecer nesta sexta (14) no Teatro Manauara, a partir das 20h. O capixaba, que tem o desejo de conhecer o Festival Amazonas de Ópera e o majestoso Teatro Amazonas, se sente grato por essa nova experiência.

“Desde que lancei meu primeiro disco eu recebo mensagens de pessoas de Manaus pedindo para eu tocar na cidade. Sempre guardei isso na cabeça com carinho e fico feliz que dessa vez conseguimos. Nunca fui a Manaus, esta vai ser minha primeira vez e espero que seja a primeira de muitas”, celebra ele.

Mesmo que esteja divulgando o seu último disco, Silva revela que o show terá músicas de todos os seus outros trabalhos. O foco, porém, será nesta nova fase. “O show tem músicas de todos os discos que já lancei, mas o foco mesmo é meu último disco. Trouxe as músicas que mais conversavam com as coisas que lancei agora”, conta ele, que alega: esta tem sido a melhor experiência dele com a música até agora. “O disco começou a ser feito antes do nome ‘Brasileiro’ surgir”, aponta ele.

Aliás, o nome do álbum foi escolhido porque as músicas traziam uma influência muito grande de música brasileira em geral. “E porque eu acho que amadureci em alguns aspectos. Nesses tempos de crise política eu me perguntei muito sobre o que é ser brasileiro e comecei a reparar como nossa autoestima como povo estava mexida. Eu fico feliz de poder fazer música nesse momento e torço muito para que as coisas melhorem aqui, para todo mundo”, reflete ele.

Laço

A faixa-destaque do álbum é “Fica Tudo Bem”, que vem sendo veiculada nos programas de rádio e TV de todo o Brasil. Na música, ele uniu seu talento com a suavidade da voz da cantora Anitta, numa música que traz voz, violão, baixo e estalos de dedo ao fundo. O clima da canção é de um fim de tarde em frente ao mar.

“Sempre achei Anitta uma pessoa impressionante. Admiro o talento dela e achei que a voz dela ficaria muito boa na música. Mandei a versão demo da música e ela topou gravar. A gente se juntou pelo música mesmo e isso me deixou bem feliz. Ela é grande e sabe que é grande. Admiro isso nela”, pontua o capixaba.

Ele garante que tem trabalhado como nunca. Trabalha com o presente, mas sem deixar de olhar adiante. “Essa turnê tem tomado uma parte grande do tempo, mas já comecei a escrever músicas novas, não quero parar. Estou empolgado e feliz com as coisas que estão saindo. Espero poder tirar um tempo para me dedicar a um álbum de novo em breve. Enquanto isso devo lançar mais clipes e pensando em parcerias para o futuro”, completa ele.

Serviço

O quê: show do Silva pela turnê “Brasileiro”
Onde: Teatro Manauara, av. Mário Ypiranga, 1300, Adrianópolis
Quando: 14 de setembro, sexta-feira, às 20h
Informações: (92) 3342-8032

Publicidade
Publicidade