Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Vida

Cantora amazonense na mira do Brazilian Day San Diego

Kely Guimarães participa de concurso que pode levá-la ao maior festival brasileiro da costa oeste americana 


17/04/2015 às 16:26

A cantora e compositora amazonense Kely Guimarães está participando de um concurso que pode levar a sua música até a Califórnia. Trata-se da 1ª edição do “Passaporte Brazilian Day”, realizado através da plataforma Clap Me. O concurso - a contemplar artistas que trabalham com conteúdo autoral - irá levar uma banda brasileira ao “Brazilian Day San Diego”, citada como a maior festa brasileira da costa oeste americana, com todas as despesas pagas. O público decidirá parcialmente quais serão os artistas classificados para as próximas etapas e, para isso, podem votar nos seus favoritos por meio do site www.clapme.com até o dia 01 de maio.

Kely se inscreveu com o videoclipe da música “Carnaval Não É o Ano Inteiro”, produzido pela Artrupe Produções e lançado ano passado. Os demais grupos musicais que quiserem participar podem efetuar a inscrição com uma música autoral publicada no YouTube. A partir dos inscritos, haverá uma curadoria que irá definir, junto ao público, os 10 primeiros semi-finalistas, que devem se apresentar em um estúdio paulista em junho. As cinco melhores apresentações segundo os jurados e o público se sagram entre os cinco finalistas e terão que fazer um show em São Paulo no mês de julho. Daí, será escolhido o grande vencedor.

E de que maneira o público participa desta escolha? Os fãs devem entrar na página do artista hospedada no site, ir ao lado direito da tela e clicar no botão “Clap” (“palmas”, em inglês), uma espécie de “Curtir” do concurso. Quanto mais “claps” o artista tiver, mais ele sobe no ranking. “Eu sempre procuro na internet concursos e festivais que tenham a ver com o que busco para a minha carreira, e esse pareceu ser interessante. Só podem participar artistas com músicas autorais e é aí que eu me encaixo bem (risos)”, afirma Kely.

publicidade

Carreira

A vida musical de Kely é extensa: de 2008 a 2013 a manauara de 28 anos integrou o grupo musical BQuadro. “Depois disso cada integrante foi por um caminho e eu resolvi fazer carreira-solo. Em 2013 mesmo eu lancei meu primeiro EP chamado ‘Essência’, com cinco faixas que estão disponíveis em vários sites com Tnb e Reverbnation”, alega ela, que recentemente terminou as gravações do seu segundo clipe, intitulado “Essência”.

Ainda em 2015, ela pretende lançar um novo álbum, já em concepção. “Estou definindo arranjos à parte da pré-produção com o Bruno Prestes (ex-Several Skin). O que posso adiantar é que ele vai ter uma ‘pegada’ mais rock (em toda a sua extensão) e mais filosófico nas mensagens das letras”, pondera Guimarães, que já se apresentou com a BQuadro no evento Rio +20, no Rio de Janeiro, e solo de voz e violão em alguns pubs da Cidade Maravilhosa e de Blumenau em 2014.

Para votar, clique aqui.

publicidade
publicidade
Aos 22 anos, jogador de futsal amazonense conquista título na Suíça
Atleta amazonense de MMA morre após sofrer parada cardíaca durante luta
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.