Quarta-feira, 22 de Setembro de 2021
lançamento

Caprichoso lança primeiro álbum digital ao vivo no Bumbódromo na voz de Patrick Araújo

O registro aconteceu no dia 26 de junho, durante a “Live Parintins 2021”, transmitida pela TV A Crítica



ururur_A9F798D8-0ADC-413A-B847-1E27224F9E52.JPG Foto: Divulgação
29/07/2021 às 16:24

O Boi Bumbá Caprichoso lança, nesta sexta-feira (30), o álbum digital “Cultura Que Resiste! (Ao Vivo no Bumbódromo)”. Este é o primeiro produto musical gravado majoritariamente na voz do levantador de toadas Patrick Araújo. O registro aconteceu no dia 26 de junho, durante a “Live Parintins 2021”, transmitida pela TV A Crítica. O material já está disponível em todas as plataformas de streaming, com novas tecnologias em áudio de alta fidelidade.

O registro, pós-produção, mixagem e remasterização do material foram realizados durante 30 dias de trabalhos intensos. O produto conta com a assinatura de produção musical do maestro da Orquestra de Violões do Amazonas, Neil Armstrong, que também é diretor musical da Banda Oficial Caprichoso. A parte técnica de áudio foi assinada por Alysson Low, do ABM Studio, que já mixou diversos trabalhos no segmento do boi-bumbá, entre outros, sendo considerado um expert em mixagem e sonorização na Arena do Bumbódromo de Parintins.



De acordo com Armstrong, o trabalho superou todas as expectativas. Para ele, foi um grande desafio gravar um álbum ao vivo sem a presença de público nas arquibancadas do Bumbódromo, por conta das restrições em decorrência da pandemia de Covid-19. 

“Para este produto, pensamos em um repertório eclético, junto ao Conselho de Arte, em uma apresentação de arena que incluiu toadas tradicionais, três toadas inéditas, e outras temáticas, fazendo um recorte de anos anteriores. Outro ponto alto do produto foi imprimir um significado contemporâneo dos sucessos do Caprichoso na voz do novo levantador de toadas”, enfatiza.

O álbum ainda contém um verso do amo do boi, Prince do Caprichoso, que homenageia várias personalidades e baluartes do bumbá azul branco, que hoje não estão mais entre nós.

Nova identidade vocal

O levantador de toadas do Caprichoso, Patrick Araújo, 22, foi anunciado em janeiro deste ano. Mesmo sem previsão de realização do Festival Folclórico de Parintins em 2021, ele tem se preparado incansavelmente para defender o item 2.

"Com muita felicidade, aceitei o convite para ser a nova voz do Caprichoso. Para mim, é uma honra ser o porta-voz da nação azul e branca. Tenho certeza de que minha voz ecoará no Brasil e no mundo”, afirma. “Estou sempre me dedicando para alcançar as expectativas dessa torcida apaixonada. São ensaios, aquecimento vocal e muito estudo para entregar sempre o melhor resultado", completa.

Ao longo deste ano, Araújo participou de uma agenda intensa de eventos e lives, no qual teve a oportunidade de experimentar diversos repertórios e nuances musicais, até chegar ao trabalho mais desafiador até o momento, o álbum “Cultura Que Resiste! (Ao Vivo no Bumbódromo)”.

“Realizar um trabalho como este me exigiu muita dedicação, ensaiamos com uma banda maravilhosa até chegarmos na lapidação ideal para o álbum. Me sinto grato por ter participado deste projeto ao lado de um time maravilhoso, jovem e vitorioso, e que tem me apoiado desde quando cheguei ao Caprichoso", afirma.

Caprichoso digital e tecnológico

O catálogo digital de produtos musicais do bumbá vem sendo disponibilizado nas plataformas desde 2015. O presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, conta que identificou a necessidade de informatizar setores, buscando destravar processos e, assim, agilizar o que normalmente era mais lento.

"O Caprichoso, sempre na vanguarda, compreende a tecnologia como algo de acesso universal e democrático. Ao lançarmos um álbum digital, por exemplo, estamos gerando engajamento e acessos por todo o mundo. Neste momento, alguém pode estar ouvindo nossa música em qualquer lugar do Brasil, ou em Tóquio, no Peru, na Itália. Essa é a maravilha da tecnologia", destaca o presidente.

O gerente de plataformas digitais do Caprichoso, Roberto Sena, conta que o novo álbum traz um material diferenciado, por ser o primeiro registro de boi-bumbá com áudio em alta fidelidade (HI-FI). A nova tecnologia está disponível para assinantes de plataformas que disponibilizam o formato, como Apple Music e TIDAL.

"É uma tecnologia recente, no qual muitos usuários do streaming estão começando a descobrir o formato, e pode se tornar uma tendência futuramente. É cara do Caprichoso, que tem a marca da vanguarda em seu DNA", pontua.

O álbum traz, ainda, o "Lossless Áudio". O novo recurso é um áudio codificado, sem perda de dados na compressão do arquivo. Ou seja, o som é entregue ao ouvinte com altíssima qualidade, da mesma forma que foram criadas em estúdio.

Porém, para ter acesso ao Losless é necessário ter equipamento de som específicos, como fones HI-FI, True Wireless ou barras de som que sejam compatíveis com a tecnologia.


Capa

A capa foi inspirada em álbuns dos anos de 1997 e 1998. Com uma releitura moderna ao tempo de 2021. A fotografia é de Bruno Zanardo, com direção de arte de Ericky Nakanome e Roberto Sena.

O design e arte final é do parintinense Paulo Victor Costa, que vem assinando os últimos trabalhos gráficos e visuais do Bumbá. “Para este trabalho, resolvi inserir elementos que remetem a uma perspectiva do passado, com uma releitura atual e adequada a temática do espetáculo "Cultura Que Resiste!", destaca.

Fotos: Bruno Zanardo

Cultura Que Resiste! (Ao Vivo no Bumbódromo), está disponível em todas as plataformas digitais.

Spotify

Deezer

Apple Music

TIDAL

Amazon Music •

YouTubeMusic •  

Árvore de Links do Boi Bumbá Caprichoso

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.