Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020
Boi de rua Caprichoso

Caprichoso leva multidão às ruas de Parintins

Boi de Rua do Caprichoso animou a cidade de Parintins nesse sábado (26). Neste domingo, vai ser realizado um ensaio solidário que vai beneficiar centenas de famílias vítimas da cheia



1.jpg Moradores de Parintins prestigiam evento do Boi Azul e Branco
07/06/2012 às 16:48

Milhares de torcedores apaixonados sacudiram a cidade de Parintins neste sábado, 26, durante o Boi de Rua do Caprichoso. A concentração foi no reduto do esconde, na Rua Sá Peixoto, berço das famílias Cruz e Valente e local onde o Boi de Parintins construiu história na época das lamparinas.

Ao som da marujada de guerra o chão estremeceu quando a imensa nação azul e branca se deslocou pelas principais avenidas da cidade rumo a Praça dos Bois, onde um grande ensaio foi realizado.



Durante o percurso o turbilhão de alegria formado por artistas, itens individuais, torcedores, CDC, torcida oficial Raça Azul e o Boi Caprichoso receberam o carinho de crianças, jovens e adultos, que da janela das casas ou na calçada das ruas, por meio de um abraço carinhoso ou aplausos, demonstravam seu amor ao Boi de Parintins.

Triciclos nas cores azul e branco e bonecos que satirizavam o Boi Contrário também fizeram a diversão da galera azulada. Para o artista Mário Oliveira enfeitar um triciclo e participar do Boi de Rua é uma forma de relaxar e mostrar o amor da nação azulada pelo Boi Caprichoso.

Manter Viva a Cultura Popular do Boi de Rua é uma das preocupações da presidente Márcia Baranda que acompanhou o espetáculo ao som das palminhas, dançando o dois pra lá e dois pra cá. Márcia destacou que esse Boi de Rua é mais um evento do Caprichoso realizado com sucesso. “É muito bom ver a galera participando, ver a marujada de guerra afinada, isso pra gente é muito gratificante. Significa que o Caprichoso segue certo, rumo a vitória Deus quiser”, falou a presidente.

A vice-presidente do Caprichoso, Socorrinha Carvalho, falou que a participação da nação azul e branca tem correspondido às expectativas do Caprichoso. “Ficamos felizes ao ver nossos torcedores vestindo a camisa azul e branca e participando diretamente de todos os eventos organizados pelo Boi”.

Dona Marilda da Cruz Fonseca, 81 anos, declarou que a presença do Boi Caprichoso no reduto do esconde lhe traz boas recordações. As toadas antológicas lembram seu marido que durante anos acompanhou o Boi Azul brincando na marujada de guerra. “Pra nós antigos, é muito bom saber que o Caprichoso mantém viva a cultura do Boi de Rua”, afirmou a aposentada.

Mantendo o cronograma de atividades do Boi, neste domingo, 27, acontece o Ensaio Solidário que beneficiará centenas de famílias vitimas da cheia. O ingresso para a festa é um quilo de alimento não perecível. Antes do show, pela parte da manhã e tarde, uma equipe ficará no Curral Zeca Xibelão para receber os alimentos que serão repassados a Diocese de Parintins e entregue aos alagados.





Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.