Sábado, 25 de Maio de 2019
NO PONTO CERTO

Casal premiado ensina como fazer o café 'perfeito' em curso em Manaus

Léo Moço e Estela Cotes ministram o curso “Café Especiais” esta semana. Ele duas vezes 1º lugar no campeonato brasileiro de barista e ela campeã brasileira de preparo de café



casal.JPG
Foto: Divulgação
30/01/2017 às 10:23

Duas turmas foram insuficientes para o público interessado em realizar o curso “Café Especiais”, ministrado pelo casal Léo Moço e Estela Cotes – ele duas vezes 1º lugar no campeonato brasileiro de barista e ela campeã brasileira de preparo de café. O curso, marcado para esta terça (31) e quarta (1°) na cafeteria Como em Casa, já está com inscrições esgotadas. Uma nova turma está programada para março, de acordo com o proprietário Carlos Henrique Carvalho.

 “O primeiro foi mais teórico, uma introdução sobre o tema. Desta vez será mais prático, as pessoas vão aprender técnicas de preparação para um bom café”, diz. A data será divulgada no instagram da cafeteria @comoemcasa–am.

 A história dos cafés especiais, como identificá-los e prepará-los estão na programação do curso. “As pessoas confundem um pouco bebidas com café com cafés especiais. Este último está relacionado à qualidade do café e à sua classificação pela Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café), como o aroma, acidez, sabor, grão, etc. E cada um  tem um tipo de preparo”, explica Carlos.  “Já as bebidas são aqueles que normalmente encontramos nas cafeterias, que podem ser misturadas com chocolate, por exemplo”, completa.

Os métodos Hario, French Press, Aero Press e Clever fazem parte da programação do curso que tem, aproximadamente, duas horas de duração. “Geralmente as pessoas não sabem a proporção correta da quantidade de pó e de água que usam. As pessoas vão muito no olho. Esse é o principal erro que as pessoas cometem”, disse Léo, em entrevista ao Portal A Critica. Ele ressalta também que a escolha do pó de qualidade, temperatura da  água, a maneira de despejar esta água sobre o pó, o filtro e até a colher usada interferem no sabor do café. “Vamos ensinar técnicas para preparar a melhor equação de um bom café”.

Além do preparo

Além de cursos, palestras e concurso, desde 2009 Leo Moço se se dedica à sua própria torrefação. Localizada em Curitiba, o Café do Moço permite que a pessoa faça seu pedido pela internet e receba o seu café em casa, em qualquer localidade do País.

O objetivo do projeto é fomentar o mercado de cafés especiais, atuando de ponta a ponta, do produtor ao consumidor. “Os grãos são selecionados por nós diretamente com os produtores, a partir de visitas e provas regulares. Desde 2013, estamos dando prioridade para o cafés surpreendentes do nosso projeto Red Foot, que agora ganha atuação para além do Estado do Paraná”. Léo  venceu o o primeiro resultado do projeto Red Foot, no Paraná.  Antes, em 2013, venceu o Campeonato Brasileiro de Barista e ficou em segundo lugar no Campeonato Brasileiro de Preparo de Café, com um café fermentado com leveduras de cerveja.

Destaque

Em 2013, Léo Moço venceu o Campeonato Brasileiro de Barista e ficou em segundo lugar no Campeonato Brasileiro de Preparo de Café, com um café fermentado com leveduras de cerveja. Em 2015, venceu  com o primeiro resultado do projeto Red Foot, que apoia pequenos produtores do centro-norte do Paraná a melhorarem a produção de café.

Serviço

O quê: Curso “Cafés Especiais”

Quando:

31/1 e 01/02,  às 19h30

Onde: Cafeteria “Como em Casa”, na rua Fortaleza, n° 10, Praça Nossa Senhora de Nazaré, Adrianópolis, em Manaus

Informações: www. facebook.com/comoemcasaam ou  www.cafedomoco.com.br.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.