Publicidade
Entretenimento
Vida

Casarão de Ideias de Manaus ganha site para facilitar comunicação entre artistas

Ponto de Cultura incrementará a difusão das ações entre agentes culturais, artistas do AM e do Brasil com a nova plataforma virtual da unidade 27/11/2014 às 11:17
Show 1
Precursor João Fernandes, diretor do Casarão de Ideias, planeja o site há seis meses
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Por ser provedor de diversas ações de alcance à arte local, regional e nacional, o Casarão de Ideias acaba de ganhar uma plataforma online para viabilizar a comunicação entre agentes culturais, artistas do Amazonas e do resto do País com o núcleo: o Ponto de Cultura lançou no início desta semana um site para concentrar as demandas e demais informações dos projetos lançados pela casa – entre eles o “Cênicas Autorais”, “Lugares que o dia não me deixa ver” e “Festival Mova-se de Dança”. Este último, por exemplo, acaba de ser selecionado finalista do “Prêmio Brasil Criativo”, do Ministério da Cultura (MinC), onde concorre com mais dois projetos na categoria “Dança”.

O site foi dividido em seis seções, a exemplo de “Agenda Cultural”, “Biblioteca”, “Atividade”, “Ponto de Cultura”, “Repertório de Ideias” e “Vídeos”, onde podem ser acompanhados registros das ações do núcleo. O espelho do site vinha sendo desenvolvido há seis meses, e o projeto gráfico foi assinado pelo laboratório criativo do designer Marcus Pessoa.

Um dos bônus é que as inscrições para os diversos cursos culturais oferecidos pelo Casarão podem ser feitas a partir de agora por meio da ferramenta virtual, e não apenas por modo presencial. “Este será o canal para diminuir distâncias, burocracias e papéis”, pondera João Fernandes, diretor-geral do Ponto de Cultura.

Neste mês, a primeira turma do curso “Agente Cultural” foi concluída, e o Casarão prevê oferecer mais três cursos no próximo semestre: uma nova turma do curso de “Agente Cultural”, de “Organizador de Eventos” e “Assistente de Produção”. Todos os três cursos são gratuitos. “As inscrições abrirão em fevereiro, e as aulas começam em março. Todos são cursos técnicos, com carga horária de 160 a 180 horas e certificação do MEC”, destaca o diretor.

‘Mova-se’ na final

Depois de competir em duas categorias do “Prêmio Brasil Criativo” com projetos de todo o País, o Núcleo de Ideias emplacou o “Festival Mova-se de Dança” no gosto do público: a ação foi indicada por voto popular à final da categoria “Dança”. Para se sagrar vencedor, o projeto irá passar pela avaliação do júri técnico da comissão do PBC. O prêmio será uma quantia em dinheiro não divulgada e uma qualificação de 40 horas sobre economia criativa e sustentabilidade.

A grande final acontece no dia 03 de dezembro, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, onde João estará presente. Paralelo à premiação, o diretor do Casarão ministrará no Estado uma palestra sobre a dança do Norte e suas ações no “Rumos Legado Dança #sampleado”, da Mostra Itaú Cultural. O próximo destino do artista será Recife (PE), onde ele irá comandar uma oficina de produção em dança.

Além dos planos de circulação do projeto “Lugares que o dia não me deixa ver” por outros Estados brasileiros, o “Festival: Mova-se de Dança” ensaia levar uma programação maior às cidades de Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC) no ano que vem. As viagens com os workshops e oficinas vêm justamente para o esboço de possíveis apoios e parceiros. “Ainda estamos firmando, mas vai acontecer. Pretendemos criar essa rede com o Norte, circulando com o projeto no Amazonas, Acre e Rondônia”, completa Fernandes.

Ideias Editadas

Hoje (27) acontece o lançamento da 11ª edição da Revista Ideias Editadas. A revista pode ser lida online pelo novo site do núcleo (casaraodeideias.com.br).

Publicidade
Publicidade