Publicidade
Entretenimento
FOTOGRAFIA

Sonhos de crianças viram realidade em ensaios fotográficos 'mágicos'

Fotógrafa catarinense viaja pelo Brasil para transformar criações e personagens do imaginário infantil em realidade 03/07/2017 às 19:59 - Atualizado em 03/07/2017 às 20:02
Natália Caplan São Paulo (SP)

Quem nunca quis tornar os contos de fadas realidade e explorar um mundo totalmente único durante a infância? Seja para viver as aventuras de um super-herói, encontrar seres mágicos, ou simplesmente reinar em um lindo castelo. E transformar essa fantasia em ensaios fotográficos é a proposta de Mari Merlim, 25. O trabalho da fotógrafa de Florianópolis (SC) ganhou o mundo com “O Pequeno Príncipe”.

“Fotografo desde temas com referências da literatura, como ‘O Pequeno Príncipe’, ‘Sherlock Holmes’ e ‘Peter Pan’, até referências mais modernas e admiradas pelas próprias crianças, como ‘Harry Potter’, princesas e super heróis. De uma referência temática, criamos um ensaio mais único, com outros elementos que revelam a individualidade da criança”, explica a profissional formada pela Universidade Federal de São Carlos (Ufscar).

De acordo com a catarinense, a ideia surgiu ao observar a espontaneidade das crianças nos bastidores dos estúdios fotográficos para retratos, em meio às brincadeiras repletas de histórias e imaginação. Assim, os pequenos revelam os sonhos à fotógrafa, que monta um cenário cheio de acessórios para torná-los palpáveis. Não é por acaso que o nome desse experimento lúdico seja “ensaio dos sonhos”.

“Entendi que poderia traduzir a linguagem infantil por meio de ensaios mais lúdicos e menos realistas”, afirma, ao ressaltar que esse processo deve “ser leve”, como uma brincadeira. “Antes do ensaio, fazemos uma entrevista com a criança para entender seus gostos pessoais e sua personalidade. No dia, tudo está pronto para recebê-la. O ensaio se dá de forma bastante solta, com a criança interagindo com suas próprias fantasias”, explica.

Infância e emoções

Nesse processo criativo, Mari enfatiza que o foco é sempre o sonho da criança. Cada uma apresenta características únicas, até mesmo as tímidas. Por isso, a fotógrafa capta sentimentos e emoções externados, ou não, em cada clique. O clima que o trabalho incorpora depende dos modelos mirins. Sobre o sucesso das fotos inspiradas no livro do francês Antoine de Saint-Exupéry, a profissional afirma que a obra cativa pessoas de todas as idades.

“O foco é o mundo que existe dentro de cada criança. Há crianças que tem percepções mais introspectivas e o ensaio se torna uma poesia muito particular e sensível. Outras gostam de trazer elementos externos, como brinquedos e fantasias.”, diz. “‘O Pequeno Príncipe foi feito para adultos, que já foram crianças. Falar sobre a descoberta da infância mexe com todos nós. Acredito que por isso o ensaio recebeu um resultado tão positivo”, finaliza.

Publicidade
Publicidade