Publicidade
Entretenimento
VIAGEM

Reduto de belezas naturais, Ceará atrai mais de 3 milhões de turistas ao ano

Estado possui 27 praias próprias para banho, que juntas somam 573 quilômetros de uma areia branquinha e águas límpidas 01/07/2018 às 11:56 - Atualizado em 01/07/2018 às 16:46
Show 4
(Fotos: Jair Araújo)
Tiago Melo Manaus (AM)

Com mais de 3 milhões de turistas ao ano, o Ceará é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros. Somente nesta alta estação do mês de julho, o Estado deverá receber cerca de 440 mil visitantes. O número é 10,9% maior que o registrado no mesmo período de 2017, quando o Estado recebeu 396 mil visitantes. Os dados são da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur).

O impressionante número não é para menos. Além das 27 praias próprias para banho, que juntas somam 573 km de uma areia branquinha e águas límpidas, o Estado reúne também uma extensa diversidade cultural, vida noturna agitada, parques, cachoeiras e centros de comércio com suas rendas, artigos em couro, garrafinhas de areia e cachaças artesanais.

Não é de se estranhar, portanto, que o destino, em especial a capital Fortaleza e os municípios de Aquiraz, Jijoca de Jericoacoacara e Beberibe, tenha caído nas graças dos turistas, incluindo os estrangeiros. Ajuda também, o fato de o Ceará ter um sol sempre predominante que garante, em conjunto com os ventos fortes, um calorzinho agradável de, em média, 30 graus.

Ainda que possua certa força nos turismos gastronômico, cultural, ecológico, religioso, científico e de aventura, quando se fala no Ceará, não há como se esquecer de sua principal atração: as praias e os parques aquáticos. Seja o Beach Park, a Canoa Quebrada ou a Praia das Fontes, o Estado é perfeito para quem quer se desligar da correria do dia a dia e pegar um bronze o ano inteiro. Confira:

Beach Park

Distante 26 km de Fortaleza, o mais famoso parque aquático do Brasil, o Beach Park, possui brinquedos para todas as idades, desde o tranquilo ‘Correnteza’ até o ‘Insano’ (um escorregador com 41 metros de altura que atinge 105 km/h), piscinas dos mais variados tamanhos, além de uma praia privativa com restaurantes. Os ingressos vão de R$ 215 (criança, 1 dia) a pacotes de R$ 7,5 mil (5 dias, tudo incluso, dois adultos e duas crianças).

Praia das Fontes

Uma das mais belas paisagens cearenses está em Beberibe, a apenas 80 km de Fortaleza. A areia de várias colorações da Praia de Morro Branco é utilizada nas garrafinhas de artesanato. As falésias vermelhas, cheias de labirintos, chegam até a bela Praia das Fontes, onde há uma gruta. Do topo do morro, um pôr do sol maravilhoso.

Canoa Quebrada

Localizada no litoral leste do Ceará, a 163 km da capital do Estado, a praia de Canoa Quebrada chama a atenção dos mais aventureiros com suas tirolesas que terminam com um mergulho na água e os ‘esquibundas’ nas dunas. Os preços são justos e variam de R$ 10 a R$ 20 por pessoa. Pelo acréscimo de R$ 5, alguns locais fazem foto e vídeo da brincadeira. A ida à Canoa Quebrada, contudo, não estaria completa sem o tradicional passeio de buggy, que pode ser com ou sem emoção, a depender do motorista. O preço médio varia em torno de R$ 240 para 4 pessoas.

Novas opções de voos

Recentemente, o Governo do Estado do Ceará e a LATAM Airlines Brasil firmaram um acordo para a criação de novos voos no Estado, em uma parceria de longo prazo. O termo prevê que, a partir de julho de 2018, seja ampliado em 25% o número médio de chegadas e partidas domésticas diárias da LATAM em Fortaleza. Já no mercado internacional, o aumento será de cinco vezes, passando de dois para dez a quantidade semanal de chegadas e partidas internacionais da companhia em Fortaleza.

A previsão de crescimento na movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Pinto Martins em decorrência do aumento de voos é de 12,5%. Foram 621 mil pessoas em julho de 2017, número que deve chegar a 700 mil passageiros neste mês de julho. A taxa de ocupação na rede hoteleira – que ampliou sua oferta de 93.201 leitos para 94.631 leitos no último ano – deve ficar em cerca de 82%. Já a procura pelo Airbnb já está em 50% de ocupação e a tendência é que aumente até a metade de julho. 

Publicidade
Publicidade