Publicidade
Entretenimento
Vida

Cenas curtas de todo o Brasil no Breves Cenas de Teatro

Sétima edição do festival amazonense acontecerá de 26 a 29 de novembro, no Teatro Amazonas, reunindo montagens de grupos de todo o País 13/11/2015 às 14:38
Show 1
Nova edição do festival teve recorde de inscrições, com um total de 91 trabalhos de todas as regiões do País
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Consagrado na Região Norte como único com o formato de cenas curtas, o Festival Breves de  Cenas de Teatro chega à sétima edição com apresentações no Teatro Amazonas de 26 a 29 de novembro. Entrada gratuita, grupos de todo o Brasil e programação acadêmica continuam como características do evento. 

“Para o artista é sempre o grande desafio, principalmente durante seu processo criativo. O grupo ou ator tem que encantar a plateia, e principalmente os jurados, nesse espaço tempo. É uma proposta audaciosa”, comenta o diretor do evento, Dyego Monnzaho que também é ator, produtor e diretor de teatro. 

A programação deste ano conta com 12 cenas, de gêneros diferentes e que têm com no mínimo de quatro minutos e 59 segundos e, no máximo, de 15 minutos e um segundo para se apresentar. O Rio de Janeiro é o Estado que mais aprovou montagens para o festival, um total de cinco cenas, seguido de São Paulo que terá três concorrentes. O Amazonas terá um representante, que será a Cia. de Teatro Língua de Trapo, com a montagem “Le Sollo Palhaço”.

“A curadoria se surpreende a cada ano com a qualidade artística e técnica dos candidatos e quem ganha com isso é o público que poderá conferir cenas de alto nível”, reforçou Monnzaho.

Serão quatro cenas apresentadas por noite, sempre a partir das 20h (apenas no domingo será às 19h). Como ocorre em todos os anos, os intervalos também terão uma programação para animar o público durante a montagem do cenário do grupo seguinte.

FORMAÇÃO
Mais que mostra competitiva, o Festival Breves Cenas tem como objetivo, desde a sua primeira edição, em fermentar a formação teatral e o intercâmbio artístico-educacional entre os participantes e a plateia. Isso é feito por meio de palestras e debates, com participação de artistas, diretores, professores, jurados e, claro, alunos e o público em geral.

“Como a maioria dos grupos participantes são tem fora, é essencial essa interação.A nossa proposta é que quem venha à Manaus, ou mesmo os artistas que estão aqui, leve mais que troféu para casa, leve novas ideias, tenha novas experiências e compartilhe também as suas”, frisou Monnzaho.

As atividades pedagógicas serão realizadas no dia seguinte à apresentação, sempre no Casarão de Ideias. O Breves Cenas já foi citado pela revista “TAM nas Nuvens”, como o melhor festival de teatro do Norte do País, e pela Fundação Nacional das Artes (Funarte) como um dos melhores eventos direcionados a artes cênicas no País.

O 7º Festival Breves Cenas é realizado pela H Produções, com patrocínio, via edital de cultura, da Caixa Econômica Federal e da Secretaria de Estado de Cultura.

BOX: Edição teve recorde de inscrições

Este ano, o festival teve 91 cenas inscritas durante o período de seleção, de todas as regiões do País. “É a maior quantidade de inscritos na história do festival. Número altamente expressivo que reflete o alcance do projeto, e a credibilidade que temos na cena teatral brasileira”, ressalta Dyego Monnzaho.

Além das 12 cenas que estão na programação oficial, outras cinco foram classificadas como suplentes. Caso haja algum imprevisto com as selecionadas, as suplentes são convocadas para o festival. O resultado pode ser conferido no site www.brevescenas.com.br.

PROGRAMAÇÃO

Dia 26/11, quinta-feira
“Estudo para pequenos mistérios”, Cia. En La Barca Jornadas Teatrais (RJ)
“Les solos Palhaço”, Cia. Teatro Língua de Trapo (AM)
“Nós existimos”, Cia. Projétil de Teatro (PR)
“O pato”, Núcleo Croatã de Teatro (RJ)

Dia 27/11, sexta-feira
“Frágil”, Maru Riveira (MG)
“Maparipiaspas”, Creche na Coxia (RJ)
“O povo, o rei e o bufão do rei”, Multifoco Companhia Teatral (RJ)
“Desgraça alheia”, Companhia Dupla (SP)

Dia 28/11, sábado
“Gavião de duas cabeças”, Andreia Duarte (SP)
“Não conte comigo para proliferar mentiras”, Igor Legal (MG)
“O coma”, Grupo Teatral Loucatores (SP)

Dia 29/11, domingo
Premiação, apresentação de convidados e shows

Publicidade
Publicidade