Publicidade
Entretenimento
FESTA

Centro de Convivência Magdalena Arce Daou realiza 7º Baile da Família nesta quinta (1º)

Festa acontece nesta quinta-feira (1º) na própria sede, situada na avenida Brasil, bairro Santo Antônio. Baile de Carnaval terá premiações até R$ 1.500 01/02/2018 às 14:59 - Atualizado em 01/02/2018 às 15:01
Show magdalena
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, unidade da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) já entrou no clima de Carnaval e realiza, nesta quinta-feira (1º), das 17h às 23h, na própria sede, situada na avenida Brasil, bairro Santo Antônio, a 7ª edição do Baile da Família.

Para a secretária de Estado da Assistência Social, Auxiliadora Abrantes, os bailes de Carnaval dos sete Centros de Convivência do Governo do Amazonas atendem a um braço importante de ação da Seas que é o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. “É orientação do governador Amazonino que possamos fortalecer sempre as ações socioassistenciais no seu mais amplo aspecto. E os bailes de Carnaval são um momento que faz parte deste apoio e fortalecimento de ações às famílias”, destacou a secretária.

A programação do baile, de acordo com Thiago Santos, coordenador do Centro de Convivência da Família Magdale Arce Daou, foi pensada para aproximar as famílias e fazê-las brincarem juntas no Carnaval, além disso, há novidades para esse ano.

“Neste ano, teremos o primeiro concurso ‘Família na Folia’, que é de caráter exclusivamente cultural. O objetivo é proporcionar aos foliões o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, juntamente com o acesso à cultura e ao lazer, em um ambiente seguro para a prática dessas atividades”, disse.

O Baile da Família teve início em 2012 e tem uma média de público de aproximadamente mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos. A festa é destinada a todas as famílias independentemente de participarem ou não das atividades do Centro de Convivência.

Concurso

Para participar do concurso, os interessados compareceram à sala da Coordenação da Cultura do Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, preencheram a ficha de inscrição e aceitaram as regras do regulamento. Os blocos devem ser compostos somente por integrantes da família, podendo ter dois integrantes que não possuam o sobrenome da família. Dentre os quesitos julgados estarão fantasia, acessórios, empolgação, criatividade, entre outros.

Os três primeiros lugares receberão uma premiação em dinheiro, nos valores de R$ 1.500, R$ 1.000, e R$ 500, respectivamente.

Publicidade
Publicidade