Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Culinária

Chef Eliana Cardoso comanda almoço regional amazônico neste domingo (5)

O valor dos pratos que serão servidos varia de R$ 80 (servem até quatro pessoas) a R$ 25 (individuais). Dentre as opções estão as caldeiradas de tambaqui ou tucunaré, o pirarucu desfiado, a pupeca de pirarucu, além de peixes mais rústicos, como arraia e mapará



oeixe.JPG A culinária da região será o foco do trabalho da chef Eliana Cardoso (Foto: Reprodução)
01/06/2016 às 08:56

De origem indígena, o termo “piracaia” remete à prática de assar à beira do rio os peixes que acabaram de ser pescados. É nesse clima de confraternização e resgate de antigos costumes em meio à natureza que a proprietária do Arawak Jungle Hostel, Nádia Pires, vai abrir as portas da sua casa, neste domingo (5), no Parque 10, para um almoço regional preparado pela chef Eliana Cardoso. As vagas são limitadas e as reservas podem ser feitas pelo telefone (92) 98236-4882 ou pelo e-mail reservas@arawakhostel.com.

“Fazemos sempre esses eventos no Arawak, em Iranduba, mas por conta da crise resolvemos trazer essa proposta uma vez por mês para Manaus. Fizemos uma feijoada no mês passado em que os amigos e voluntários do hostel participaram e criaram uma harmonia muito boa”, conta Nádia. Segundo ela, a ideia do “Piracaia” segue uma tendência gastronômica em que o chef recebe os clientes na sua própria casa, criando um clima mais intimista e familiar.

O valor dos pratos que serão servidos varia de R$ 80 (servem até quatro pessoas) a R$ 25 (individuais). Dentre as opções estão as caldeiradas de tambaqui ou tucunaré, o pirarucu desfiado, a pupeca de pirarucu, além de peixes mais rústicos, como arraia e mapará. Quem fizer a reserva antecipada ainda terá direito a uma sobremesa grátis.

Música

A parte musical ficará por conta de Adilson de Andrade, que pesquisa as sonoridades amazônicas. Tambores, atabaques, bongôs e djembés africanos se combinam com o pau de chuva, chocalhos e outros elementos da música indígena e afro-brasileira, dando origem a um trabalho que flerta com o experimentalismo. “Minha proposta musical é sentir a emoção de cada verso em cada som percussivo, resgatando nossa riqueza cultural local e nacional com toda a mescla brasileira”, afirma ele.

Já a chef Eliana Cardoso, irmã de Nádia Pires e também responsável pela cozinha do Arawak, formou-se em gastronomia pelo Ciesa, em Manaus, e possui grande interesse e experiência na culinária amazônica. Ela também criou diversos pratos originais como Pupeca de Pirarucu e

Pirarawak com Pirarara, tendo inclusive realizado a releitura de pratos internacionais utilizando ingredientes locais, como a Pasta ao molho de tucupi.

Serviço

O que: “Piracaia”, com a chef Eliana Cardoso

Quando: Domingo, dia 5, às 12h

Onde: Rua 41, casa 2, Quadra I, Conj. Castelo Branco 2, Parque 10

Reservas: (92) 98236-4882 ou reservas@arawakhostel.com

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.