Publicidade
Entretenimento
TEATRO

Cia. Maior Palha apresenta espetáculo baseado no jogo do improviso

Primeira apresentação deste mês do grupo teatral ocorre nesta sexta-feira (9), às 19h, no Teatro da Instalação 07/03/2018 às 12:18
Show bv0307 52f
Foto: Reprodução
Mayrlla Motta Manaus (AM)

Sexta-feira é a porta de entrada para a diversão do fim de semana. E para quem adora dar boas gargalhadas, depois de amanhã (9) a companhia teatral “Maior Palha” apresenta o espetáculo de humor “Se alguém quiser ver”, a partir das 19h, no palco do Teatro da Instalação, localizado na Rua Frei José dos Inocentes, s/n, Centro de Manaus. O grupo repetirá a apresentação no dia 16 de março, no mesmo horário e local. Os ingressos estarão à venda na bilheteria da casa de espetáculos no valor de R$ 20. 

Essa será a segunda vez que a companhia apresenta o espetáculo na cidade. De acordo com o diretor, Marlon Pontes, a apresentação é feita com base em 12 jogos de improviso teatral. “Todos os jogos são a partir dos estímulos escritos pelo público. Os jogos são variados, e cada um deles tem regras e objetivos específicos que devem ser cumpridos pelos atores-improvisadores”, explica ele.

Nos bastidores, a produção vai colher com o público sugestões de temas para os atores se inspirarem para as cenas. “No início do espetáculo, o Mestre de Cerimônias é a mediação entre os atores-improvisadores e o público presente. Ele explica como funciona cada jogo, escolhe os improvisadores que irão jogar e, assim, as cenas improvisadas iniciam”, complementa.

Entre os jogos a serem executados em cena, o diretor cita o “Troca” - na hora em que o intermediador pronunciar a palavra, o improvisador trocará a última fala ou ação que fez em cena. “Temos também o jogo ‘Minha Vida’. Nele pegamos informações de alguém que está presente no espetáculo e criamos a história da vida dele no palco”, disse. 

Enquanto o grande dia não chega, a companhia está a todo vapor treinando com os improvisadores, que são: Adália Marques, João Freitas, Jonathan Oliveira, Marlon Pontes, Richard Harts, Stéphanie Brandão e Wilker Santos. 

Publicidade
Publicidade