Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
Vida

Coleção de luxo: os novos looks de Lino Villaventura

A coleção desfilada por Lino Villaventura viaja no repertório de imagens guardado durante toda uma vida dedicada à moda. “Será que pensei na Amazônia? No Pará? No Nordeste? Ou na Ásia ou em culturas milenares?”, escreveu ele



1.jpg
O fashion designer adiantou que o atual foco da sua marca é a exportação e o mercado internacional
26/04/2013 às 09:00

Escalado para abrir a programação de desfiles do Dragão Fashion Brasil, semana de moda que aconteceu na última semana, na capital cearense, o estilista paraense Lino Villaventura apresentou, na passarela montada no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, os mesmos looks luxuosos e sensuais que estrearam no São Paulo Fashion Week. O estilista, que está comemorando 35 anos de carreira, conversou com o Vida & Estilo e adiantou os planos que tem para a sua grife.

“Poder comemorar tantos anos de carreira por onde vou é um verdadeiro reconhecimento, porque fazer 35 anos de moda no Brasil é uma vitória. Infelizmente, nossos governantes ainda incentivam pouco o segmento”, declarou Villaventura, durante o coquetel que aconteceu após o aguardado desfile. Apesar disso, o estilista se orgulha de manter um trabalho tão particular por tantos anos. “É uma marca que nunca deixou de ser o que ela é, nunca fugiu do seu próprio estilo”.

RUMO A PARIS E MILÃO

Para ele, que mantém pontos de venda em Fortaleza e São Paulo, o corre-corre da ponte aérea pode ser problemático, mas ele tem a sorte de contar com pessoas que colaboram com ele há muito tempo. “Essa rotina é uma escolha minha, para mostrar que é possível fazer o trabalho onde for e que posso levá-lo para qualquer lugar do mundo”, pontuou Villaventura.

Durante a entrevista, o fashion designer adiantou que o atual foco da sua marca é a exportação e o mercado internacional. “Dia 25 vamos fazer um coquetel de lançamento da nova coleção em Paris, onde teremos um ponto de venda. Os planos para o segundo semestre também incluem a inauguração de um outro ponto em Milão”, contou ele.

ATENÇÃO AOS DETALHES

A coleção desfilada por Lino Villaventura viaja no repertório de imagens guardado durante toda uma vida dedicada à moda. “Será que pensei na Amazônia? No Pará? No Nordeste? Ou na Ásia ou em culturas milenares?”, escreveu ele, em release.

O que se viu na passarela do Dragão Fashion foram peças ricamente adornadas com cristais de origem tcheca, plissados, estampas e tecidos nobres, valorizando as cores cobre, ouro, bronze e prata, além de materiais como tafetá de seda pura, tule irizado, cetim e jacquard de seda.

As máscaras metalizadas usadas pelos modelos ajudaram a dar um tom dramático e misterioso aos looks. Também merecem destaque os sapatos Villaventura, customizados e bordados com pedrarias, canutilhos e miçangas.
Volta às origens

Realizado entre os dias 13 e 18 deste mês, o Dragão Fashion Brasil movimentou o cenário fortalezense e foi marcado por uma grande celebração à cultura e à moda do Estado. Os 30 desfiles e as diversas atividades paralelas aconteceram no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, que voltou a ser palco do evento.

Onde encontrar



Villaventura começou sua carreira em 1978; em 1982, lança em Fortaleza a sua grife em parceria com Inez Villaventura. O estilista também vende suas criações em lojas multimarca em Brasília, Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre.

* O repórter viajou a convite da organização do evento



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.