Publicidade
Entretenimento
Lançamento

Coletânea que apresenta pensamentos interdisciplinares na Amazônia é lançada

Neste sábado (30), às 10h30, no Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA), na rua Bernardo Ramos, 117, Centro Histórico de Manaus, será lançado o primeiro de três volumes da obra Interdisciplinaridade 29/07/2016 às 17:08 - Atualizado em 29/07/2016 às 17:08
Show 0111
O prof. Walmir de Albuquerque, profª Artemis Soares, e profª Marilene Correa são os organizadores da coletânea
Ivânia Vieira Manaus (AM)

A interdisciplinaridade é uma questão de atitude. Esse tem sido o recado recorrente da pesquisadora e professora Rosemara Staub aos mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA- Ufam). Difícil é transformá-lo em prática diante da formação da grande maioria dos estudantes e de professores, feita no plano disciplinar; e das resistências da escola e da universidade, esteios e guardiães da formação disciplinar.

Contra a corrente, o movimento interdisciplinar no Amazonas apresenta alguns dos resultados da insistência em promover o pensamento capaz de mobilizar as várias áreas do conhecimento e dos saberes. Neste sábado (30), às 10h30, no Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA), na rua Bernardo Ramos, 117, Centro Histórico de Manaus, será lançado o primeiro de três volumes da obra Interdisciplinaridade, Complexidade e Produção do Conhecimento. Trata-se de uma coletânea de 15 artigos de professores e estudantes do PPGSCA, organizados pelos professores Marilene Corrêa da Silva Freitas, Walmir de Albuquerque Barbosa, e. Artemis de Araújo Soares.

A coletânea é um é um dos resultados concretos do Programa “Vamos Publicar”, desenvolvido pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp- Ufam), sob coordenação do professor e jornalista Gilson Vieira Monteiro. A edição da obra é da CRV, com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam, edital nº. 019/2013 – PECTI/AM-PG), por meio do projeto “Incentivo à excelência da Produção Interdisciplinar do Programa de Pós Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia”, coordenado pela cientista social Marilene Corrêa da S. Freitas.

Múltiplas conexões

Para a pesquisadora Marilene Correa da Silva Freitas, uma das organizadoras do livro, os temas da coletânea ultrapassam os interesses do PPGSCA e demonstram que o debate tem  múltiplas conexões, mesmo quando o foco é a produção do conhecimento, suas estruturas de formação universitária, suas relações com a sociedade que inclui indivíduos e grupos e coletividades que a compõem.

 A coletânea é apresentada pela coordenadora do PPGSCA como  exercício da interdisciplinaridade na Amazônia  para além do ambiente intelectual do programa de pós-graduação. “Está no cerne da ampliação da pós-graduação brasileira, na luta pelo direito da autocompreensão e de manifestação de grupos de pesquisa na Amazônia, no dialogo entre campos e áreas de conhecimento, na circulação de ideias e desafios de pesquisa que não contemplam apenas um domínio teórico e empírico disciplinar”.

Os autores

Participam da coletânea os pesquisadores: Adelino Ribeiro, Alex Sander Pereira Regis, Ângela Maria Rodrigues de Figueiredo, Eveline Maria Damasceno do Nascimento, Geraldo Magela Daniel Junior, Iza Reis Gomes Ortiz, Josué Gomes Vieira, Victor Leandro da Silva, Wellen Batalha Pereira Vasconcelos, Gabriel Arcanjo Santos de Albuquerque, Heloisa Helena Corrêa da Silva, Iraildes Caldas Torres, Marilene Corrêa da Silva Freitas, Raquel Wiggers, Simone Eneida Baçal de Oliveira e Walmir de Albuquerque Barbosa.

O Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA-Ufam) foi um dos primeiros nessa modalidade, a trabalhar, no País, com a Complexidade. O mestrado funciona desde 1998 e, o doutorado, a partir de 2008.

Publicidade
Publicidade