Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
Vida

Com mostras e eventos, filmes alternativos se tornam o foco esta semana, em Manaus

Cine & Vídeo Tarumã, Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e Rede Cinépolis promovem eventos na capital amazonense



1.jpg Filme alternativo francês "Elefante Branco" será exibido em Manaus
10/05/2015 às 19:29

Os cinéfilos manauaras têm motivo de sobra para comemorar. Isso porque, nos próximos dias, a capital amazonense será tomada por filmes alternativos - ou seja, aquelas produções que fogem do circuito nacional de exibição. Hoje, por exemplo, o projeto Cine & Vídeo Tarumã, da UFAM, dá inicio a sua mostra do cinema argentino atual, considerado uma das vertentes cinematográficas mais representativas dos países latino-americanos e que está entre os mais premiados, com grande destaque, inclusive, no cinema internacional.

Nesta segunda-feira, o projeto exibirá “Elefante branco”, do consagrado diretor Pablo Trapero. Na trama, Julián (Ricardo Darín) e Nicolás (Jeremie Renier) são dois padres que, após sobreviverem a uma tentativa de assassinato cometida pelo exército durante seus trabalhos de evangelização na Amazônia, vão para Buenos Aires com o objetivo de desenvolver um trabalho social na favela de Villa Virgen. Já na quarta, é a vez do público conferir o aclamado “Relatos selvagens”, do diretor Damián Szifron e produzido por Pedro Almodóvar. Diante de uma realidade crua e imprevisível, os personagens do título caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie. São seis histórias diferentes, mas com uma mesma proposta: a crítica comportamental dos homens nos dias de hoje.

Por fim, na sexta, será exibida a comédia picante “2 Mais 2”, do diretor Diego Kaplan. Aos 40 anos de idade, o casal Diego e Emilia está bem estabelecido, com sucesso no trabalho e com um filho de 14 anos. Eles conhecem Richard e Betina desde crianças, mas este outro casal tem um estilo de vida muito diferente, não tem filhos e preferem a diversão. Um dia, Richard e Betina confessam a Diego e Emilia que praticam a troca de casais e confessam que gostariam de experimentar o swing com eles. As sessões do Cine & Vídeo Tarumã são gratuitas e acontecem no no Auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL) da UFAM, sempre às 12h30.

Cinema de Arte

Entre os dias 14 a 27 de maio, a Rede Cinépolis traz para os complexos do Millenium Shopping e do Shopping Ponta Negra a sua “Mostra Cinema de Arte.  Serão exibidos 14 filmes, entre produções nacionais e estrangeiras, premiadas no Brasil e no exterior. Na semana de 14 a 20, cada Shopping exibirá sete produções, as quais se inverterão nos complexos Cinépolis na semana seguinte. Sessões serão realizadas nos Shoppings Ponta Negra e Millenium nos horários de 15h30 e 19h30.

Por meio do projeto em questão, o Cinépolis está promovendo uma ousada e pioneira mudança no modelo exibidor brasileiro: a inserção de filmes de arte,  produções elogiadas pela crítica e premiadas em festivais de Cinema no Brasil e no exterior, e que geralmente não chegam ao circuito manauara. Com isso, a rede de cinemas estabelece a formação de plateia e cinéfilos que a partir de agora terão a chance de acompanhar as grandes criações da sétima arte.

Entre os selecionados estrangeiros constam o premiado drama polonês “Ida”, de Pawel Pawlikowski; o argentino “Relatos Selvagens”, de Dámin Szifrón; o sueco “Força Maior”, de Ruben Östlund; e o premiadíssimo documentário chileno-francês “Nostalgia da Luz”, de Patricio Guzman.

A lei da água


Na próxima segunda, 18, a Fundação Amazonas Sustentá-vel (FAS) promove a exibição do documentário “A lei da água”, dirigido por André D’Elia. O filme mostra a importância das florestas para a conservação dos recursos hídricos no Brasil e problematiza o impacto do novo Código Florestal, aprova-do pelo Congresso em 2012, nesse ecossistema e na vida dos brasileiros. O documen-tário conta com a colaboração de cientistas e parlamentares que apoiam a Ação Direta de Inconstitucionalidade do novo Código Florestal no Supremo Tribunal Federal e assume um compromisso com a sociedade brasileira ao mostrar como a lei ambiental afeta a vida de cada cidadão.


SERVIÇOS

O quê:  Cine & Vídeo Tarumã, da UFAM, com exibição de filmes do cinema argentino atual

Quando:  hoje, quarta e sexta-feira, sempre às 12h30

Onde:  no Auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), localizado no Setor Norte do Campus Universitário da UFAM

Entrada:  gratuita


O quê:  exibição do documentário “A lei da água” e mesa redonda sobre o Novo Código Florestal

Quando:  segunda-feira, 18, a partir das 18h30

Onde:  Auditório D. Lidia Parisotto, na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) - Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10

Entrada:  gratuita, com inscrições no link http://goo.gl/forms/Pk6Beb9tCJ




Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.