Quarta-feira, 27 de Outubro de 2021
lançamento

Com participação do surfista e músico americano Donavon Frankenreiter, Du Braga lança o single “Right Here, Right Now”

Brasileiro, que vive nos Estados Unidos há 15 anos, é um cientista que ama a música e o mar



et_208A68AE-843D-4841-85C2-38DF1B162235.JPG Foto: Divulgação
06/10/2021 às 15:58

Foi em uma surf trip para El Salvador (América Central) que o cantor, compositor e cientista Du Braga gravou “Right Here, Right Now” com o lendário surfista e músico Donavon Frankenreiter. Para transmitir a vibe vivida na praia, o artista resolveu manter a versão original e, também, produzi-la em estúdio; ambas chegam nas plataformas digitais nesta sexta-feira, 8, pela Angorá Music.     
 
Diferente da versão voz e violão com Donavon, a faixa captada no estúdio traz outros elementos sonoros e produção assinada pelo tecladista e produtor Junior Marques, que ganhou projeção nacional por trabalhos realizados com Vitor Kley, sendo, inclusive, indicado ao Grammy Latino.  

Cantada em inglês, o single é um surf music que fala muito sobre a vida do artista. Nascido em Curitiba-PR, Du Braga teve que aprender a viver o “aqui e o agora” (tradução livre do título da faixa) na marra. Com vinte e poucos anos, enquanto conciliava uma banda com os amigos e a faculdade, ganhou uma bolsa para estudar Engenharia Biomédica na Califórnia (EUA).

Sem falar inglês e longe da família e dos amigos, passou por diversas dificuldades na terra do Tio Sam. Com muito trabalho e força de vontade, focou toda a energia nos estudos até a carreira profissional deslanchar. Em 2009, recebeu uma bolsa para cursar doutorado em Sidney (Austrália).
 
Entre as sessões de surf e as pesquisas pioneiras com células tronco e impressão 3D de células humanas, Du tirava algumas horas para compor e gravar as músicas em casa. Entre uma onda e outra no litoral australiano, encontrou Mat Mchugh, vocalista do grupo “The Beautiful Girls”.

“A conexão foi imediata. Falei que também era músico e um grande admirador da banda e ele [Mat] quis saber um pouco mais sobre meu som. Trocamos contato e enviei minhas músicas”, relembra Du.

Mat Mchugh ficou entusiasmado com as composições e o apresentou para o produtor Ian Prichett (premiado na Austrália com alguns discos de ouro e platina com o dueto “Angus & Julia Stone” e o próprio “The Beautiful Girls”). Era a dose de inspiração que Du Braga precisava para reacender o desejo de entrar em estúdio novamente.

A parceria com Ian Prichett rendeu o álbum “Love the life you live”, com sete faixas autorais. Com o novo trabalho, Du retornou ao Brasil, reuniu os amigos da antiga banda e saiu em turnê pelo sudeste e sul do país. Foram mais de cinco mil cópias vendidas e muitas matérias em jornais e tevês.

Quando a carreira artística parecia decolar, o lado profissional trouxe um convite quase irrecusável: desenvolver pesquisas pioneiras em impressão de órgãos na conceituada Universidade de Harvard.

No auge da carreira profissional, e dias após o nascimento da filha, um acidente trágico reascendeu o desejo de Du voltar aos palcos. O amigo de infância e grande parceiro de composições e estrada, faleceu.

A notícia causou muita dor e mudou a forma de Du Braga enxergar a vida. “Durante a pandemia, período de muita reflexão, eu lembrei quando era moleque, e deitava no quintal da casa dele e ficamos olhando pro céu e imaginando a nossa música chegando no maior número de pessoas possível”.

A vontade de cumprir promessa feita na adolescência, deu força para continuar compondo. Em 2021, Du Braga lançou “I Will Learn Someday”, “Freedom”, “Aussie Love”, que já acumulam quase 200 mil plays nas plataformas de streaming.  Nesta sexta-feira, apresenta as duas versões de “Right Here, Right Now”. Faça o pre-save. 



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.