Publicidade
Entretenimento
Vida

Comic Book ‘Guerreiros da Amazônia’ neutraliza emissões de CO2

Com a produção desta edição do Guerreiros da Amazônia foram emitidas 17,3 tCO2 (toneladas de dióxino de carbono), convertidas em 48 árvores, que devem ser plantadas em janeiro de 2015 15/10/2014 às 11:34
Show 1
48 árvores devem ser plantadas em janeiro de 2015
acritica.com ---

O terceiro e último volume da trilogia infanto-juvenil “Amazon – Guerreiros da Amazônia” tem um desfecho mais que especial: a produção dos exemplares foi compensada com o plantio de árvores na Amazônia. Através do Programa Carbono Neutro do Idesam, as emissões de carbono – referentes à energia elétrica, quantidade de papel, tinta de impressão e afins – foram convertidas em árvores.

Elas serão plantadas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã, localizada entre os municípios de Itapiranga e Sâo Sebastião do Uatumã, contemplando as comunidades que ali vivem.

Com a produção desta edição do Guerreiros da Amazônia foram emitidas 17,3 tCO2 (toneladas de dióxino de carbono), convertidas em 48 árvores, que devem ser plantadas em janeiro de 2015.

O plantio conta com o envolvimento direto dos comunitários, num método chamado "sistema agroflorestal", no qual se beneficiarão das culturas agroextrativistas plantadas, além dos benefícios diretos ao clima. Dessa forma, o último capítulo da trilogia Guerreiros da Amazônia ganha um destaque pioneiro: é o primeiro comic book Carbono Neutro do mundo!

Guerreiros da Amazônia

Com o objetivo de divertir e educar crianças do Brasil e do mundo sobre a necessidade da conservação da floresta e a sustentabilidade dos povos que nela habitam, o artista Ronaldo Barcelos, que hoje mora no Rio de Janeiro, criou a série “Amazon – Guerreiros da Amazônia”. Já foram produzidos 21 episódios e 10 jogos e existe a intenção de produzir série para a TV e um longa-metragem.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade