Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
ENTRADA FRANCA

Companhia gaúcha traz a Manaus solo de dança inspirado em Clarice Lispector

“Não me toque, estou cheia de lágrimas" será apresentado nesta sexta e sábado na Biblioteca Pública do Amazonas



clarice1.jpg Solo é protagonizado pela bailarina Fabiane Zarif Severo
07/07/2016 às 14:48

A vida e obra de uma das maiores escritoras brasileiras é o ponto de partida do solo de dança “Não me toque, estou cheia de lágrimas – Sensações de Clarice Lispector”, que será apresentado nesta sexta (8) e sábado (9), às 17h, na Biblioteca Pública do Amazonas, com entrada gratuita.

Na sessão de sábado, a apresentação vai contar com recurso de audiodescrição. No mesmo dia, das 10h às 12h, o grupo também ministra uma oficina de dança criativa na biblioteca. As inscrições, limitadas a 30 vagas, podem ser feitas pelo e-mail criatearteeprodução@gmail.com ou pelo telefone (92) 98185-7134.



Interpretado pela bailarina Fabiane Zarif Severo, “Não me toque, estou cheia de lágrimas” é dirigido e coreografado por Maria Waleska Van Helden e João de Ricardo. A montagem retrata o universo biográfico e literário de Clarice Lispector em três atos: “Nascimento”, marcado pela culpa que ela sentia por não ter salvado a vida da mãe; “Infância”, que foi vivida no Nordeste, e “Compulsão”, que mostra a fase adulta e a paixão de Clarice pela escrita.

O trabalho faz parte do repertório da Geda Cia. de Dança Contemporânea, de Porto Alegre, e está em circulação nacional com patrocínio do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014.

Serviço

O quê: Solo de dança “Não me toque, estou cheia de lágrimas”
Quando: dia 8 e 9 de julho, às 17h
Onde: Biblioteca Pública do Amazonas (rua Barroso, 57, Centro)
Quanto: gratuito


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.