Publicidade
Entretenimento
Vida

Concurso Comida di Buteco visa resgatar criação gastronômica

Concurso é feito simultaneamente em 16 cidades e todos os 400 petiscos devem trazer linguiça e/ou macaxeira na sua composição. O slogan deste ano é 'Buteco, a verdadeira rede social' 04/04/2013 às 14:36
Show 1
No concurso, será eleito o melhor boteco da cidade
a crítica Manaus, AM

Criatividade, sabor e muitas delícias não irão faltar no Comida di Buteco, maior concurso de cozinha de raiz do Brasil, a ser realizado de 12 de abril a 12 de maio. Este ano o evento será feito simultaneamente em 16 cidades e todos os 400 petiscos devem trazer linguiça e/ou macaxeira na sua composição. O slogan deste ano é “Buteco, a verdadeira rede social”.

De acordo com Eduardo Maya, gastrônomo e um dos sócios do concurso, não foi fácil escolher os dois ingredientes. “É a primeira vez que o concurso acontece em 16 cidades ao mesmo tempo. Ano passado, nós fizemos o concurso em outra data em São Paulo. Esse ano, tivemos o desafio de achar um ou mais ingredientes que estivessem presentes no Brasil inteiro. A mandioca é um produto do Sul do Oeste da Amazônia e daqui tomou o mundo. A Nigéria é a maior produtora, em segundo lugar, pelo incrível que pareça, é a Tailândia. O Brasil é apenas o terceiro e não pense que o Amazonas é o maior produtor daqui. O maior é o Pará, depois o Paraná e em terceiro o Amazonas”, disse o especialista.

“A linguiça é o que chamamos de exótico adaptado. São aquelas coisas que vieram de fora e que se adaptaram muito bem. A linguiça existe desde que o homem caça, praticamente. É um produto que se fazia com os excedentes da caça. Tudo que não conseguiam comer, cortavam, colocavam ervas e entubavam  tanto no estômago ou na tripa do animal”, complementou.

Criado em 2000 com a missão de resgatar e valorizar a cozinha de raiz no Brasil, além de estimular os pequenos estabelecimentos, botecos, a novas criações, o concurso Comida di Buteco vem cumprindo um importante papel de fomento à cultura gastronômica, desenvolvimento do setor e principalmente demarcando circuitos urbanos de sociabilidade e lazer por meio da boa cozinha.

Formato

Essa é a eleição do melhor boteco da cidade. Cada participante cria um petisco para concorrer. O público e um corpo de jurados têm que visitar os botecos e votar no local. A média entre os quesitos avaliados garante o resultado da premiação. São avaliados de 0 a 10, a higiene, o atendimento, a temperatura da bebida e o petisco (que leva 70% da nota). O voto do júri vale 50% e do público 50%. O Instituto de Pesquisas Vox Populi é o responsável pela apuração dos votos nas 16 cidades.


Publicidade
Publicidade